19 de August de 2018

Chefe de Gabinete e secretários tem prazo para explicar contrato com construtora

Márcio Sposito, ex funcionário da Casa Sol e atual chefe de gabinete do prefeito Daniel.
Márcio Sposito, ex funcionário da Casa Sol e atual chefe de gabinete do prefeito Daniel.

É o contrato n.º 1153/2018, firmado entre a Prefeitura de Marília e a Construtora Aquarius. O objeto do contrato é o fornecimento de material e mão de obra para a construção de um muro na divisa do terreno do Posto de Bombeiro.

Esse contrato já gerou polêmica em 2017. Orçado inicialmente em R$ 118.296,29, o muro foi construído com recursos públicos do município e está localizado na Avenida República, 4503. O contrato havia sido renovado por mais 90 dias, até 03 de julho de 2018.

De acordo com o Marília Notícias, o local já era equipado com grades de proteção e nunca registrou incidente mais grave.

O Tribunal de Contas concedeu 30 dias para que o chefe de gabinete do prefeito Daniel Alonso (PSDB), Márcio Sposito (PR) e os secretários de Obras André Ferioli e Avelino Modelli, se defendam das irregularidades apontadas pelos Órgãos Instrutivos no 1º Termo de Aditamento do contrato.

O processo corre sob o n.º 00012901.989.18-6 e é de responsabilidade do Conselheiro Antonio Roque Citadini.

Entre na conversa...