20 de October de 2019

Rua Hermes da Fonseca começa a ser recapeada mas tapa buracos apresenta problemas

Operação tapa buracos em Marília mostra falta de critério no trabalho
Recapeamento segue na cidade. Mas operação tapa buracos mostra falta de critério no trabalho

Depois de quatro dias de trabalho, a empresa Sollis concluiu nesta sexta feita o recapeamento de quase dois quilômetros de extensão ou 9 mil metros quadrados da rua América, na Vila Nova.

Trata-se da segunda via daquela região a ter o recapeamento asfáltico dentro do investimento previsto de R$ 5,1 milhões para cerca de 500 quarteirões ou 50 quilômetros de ruas e avenidas nessa modalide de trabalho. “A exemplo da rua Dermânio da Silva Lima, gostei da qualidade do asfalto na América. A espessura da camada comprova isso e a perpsectiva de uma durabilidade muito maior”, afirmou.

Neste sábado, a rua Hermes da Fonseca, também na região da Vila Nova, Palmital-Castelo Branco , começa a ser preparada para receber também o recapeamento. Depois, será a vez das vias Roque Montefusco e Waldemar Pereira naquela região.

Além do recapeamento, está sendo realizado nas proximidades uma operação tapa buracos.

Operação tapa buracos

Como sempre foi dito pelo Prefeito Vinícius, a operação tapa buracos seria realizada no sentido bairros-centro. Contudo, a Prefeitura de Marília deixou de informar a população que independente da rota do trabalho, uma vez que chegassem em certos bairros haveria uma seleção de quais buracos em quais ruas seriam tapados enquanto outros buracos em outras ruas ficariam sem receber cuidado.

Isso é visto, principalmente, em ruas afastadas das vias principais dos bairros, ruas que recebem pouco trafego. Mas que, todavia, fazem parte da cidade bem como os seus moradores. Neste caso, os critérios utilizados na operação tapa buracos não estão claros, pra variar.

Entre na conversa...