19 de October de 2018

Indivíduos se passam por empregados dos Correios e aplicam golpe com venda de selos adulterados

Selo postal. Foto: Divulgação.

Foi registrada em diversas cidades do interior do estado de São Paulo a ação de indivíduos fazendo-se passar por empregados dos Correios, inclusive usando roupas semelhantes aos uniformes internos, oferecendo selos para aquisição pelos Postos de Vendas de Produtos – PVPs com valor facial adulterado.

Diante da constatação desses casos de tentativas de fraudes praticadas por terceiros, os Correios têm alertado aos Postos de Vendas de Produtos – PVPs, como por exemplo banca de jornais e papelarias.

Os Correios não possuem vendedores externos e, caso ocorra a visita de algum desses golpistas, deve-se acionar imediatamente a Polícia Militar pelo telefone 190.

A orientação para os Postos de Vendas de Produtos que estão sendo foco desse tipo de ocorrência é que a ação seja registrada por meio de Boletim de Ocorrência, encaminhando aos Correios cópia desse documento e dos documentos deixados pelos golpistas, como recibo, tabela de preços, entre outros.

A constatação de aquisição de produtos fora do procedimento previsto nos Termos de Credenciamento e a comercialização de produtos diferentes dos disponibilizados nas agências de vinculação ensejarão o imediato descredenciamento do PVP.

Entre na conversa...