Agentes combatem mosquito da dengue no Cemitério da Saudade

Marília

Agentes verificam existência de criadouros de dengue no Cemitério da Saudade Foto: Divulgação

A Secretaria Municipal da Saúde de Marília fez uma ação para identificação, tratamento e redução de possíveis focos do mosquito da dengue no Cemitério da Saudade – localizado na zona oeste. “Esta área está cadastrada como ponto estratégico pelas equipes de controle, por conta da variedade e quantidade de recipientes de risco que são encontrados no local, principalmente vasos e lajes de capelas”, destacou Lupércio Garrido Neto, coordenador do setor de Divisão de Zoonoses.

Neto informou ainda que quinze agentes de controle de endemias e dois supervisores de saúde foram encarregados de realizar a vistoria minuciosa da área. “Eles esgotaram a água encontrada em recipientes móveis e trataram os demais com inseticidas e larvicidas”, comentou Garrido Neto. A atividade no Cemitério da Saudade faz parte das ações da Secretaria para o combate ao mosquito da dengue na cidade. “É um trabalho de rotina dos nossos agentes, que deverá ser repetido quinzenalmente”, disse Garrido Neto.

“Os ovos do mosquito, ao serem depositados em qualquer recipiente, sobrevivem viáveis por mais de um ano e existe a possibilidade de introdução de novos sorotipos de dengue e até de novas doenças graves, como a febre chikungunya e a zica virose. Além disso, a presença de criadouros do inseto pode gerar mais riscos no momento em que retornar o período chuvoso. Por isso, precisamos ficar vigilantes e atentos sempre no combate ao mosquito”, afirmou Danilo Bigeschi, secretário municipal de Saúde.

Sobre Prefeitura de Marília 495 Artigos
Divulgação e Comunicação sob a responsabilidade de Carlos Bonatelli. Administração 2012-16 de Vinícius Camarinha (PSB).
Contato: Website

Entre na conversa...