Lucy Montoro completa um ano de atividades com mais de 25 mil atendimentos

Saúde Pública

O Centro de Reabilitação Lucy Montoro comemorou, essa semana, um ano de atividades em Marília e a marca de 25 mil atendimentos. Para marcar a data foi realizada uma atividade na unidade, com a presença de autoridades e a diretoria do Centro.  O diretor técnico do Centro, Roberto Mizobuchi, destacou que em um ano foram realizados mais de 25 mil atendimentos, envolvendo pacientes de 61 municípios de toda a região. “Hoje a principal retaguarda é para pacientes vítimas de amputação, derrames cerebrais (AVCs) e paralisia cerebral de crianças e adultos. Destaco  ainda atendimento na fisioterapia, psicologia e nutrição”, disse.

A Secretária de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência de São Paulo,  Linamara Rizzo Battistella, também médica fisiatra, participou da solenidade e destacou o sucesso da unidade de Marília, que tem 3.500 metros quadrados de área construída distribuídos em dois pavimentos, além de um setor de diagnóstico, salas de atendimento individual, espaços para condicionamento físico, terapia ocupacional, fisioterapia infantil e adulto, enfermaria, consultórios e terapia em grupo. Os atendimentos são feitos mediante encaminhamento das unidades de saúde, ambulatórios e hospitais de Marília e região.

A Rede Lucy Montoro possui órteses, próteses e meios auxiliares de locomoção, além da área da saúde. A Rede realiza programas de reabilitação específicos, de acordo com as características de cada paciente. Os atendimentos são realizados por equipes multidisciplinares, composta por profissionais especializados em reabilitação, entre médicos fisiatras, enfermeiras, fisioterapeutas, nutricionistas, psicólogos, terapeutas ocupacionais, assistentes sociais, educadores físicos e fonoaudiólogos.

O prefeito Vinícius Camarinha participou das comemorações do Centro de Reabilitação que funciona ao lado do Hospital das Clínicas, numa parceria do Governo do Estado com a Famema (Faculdade de Medicina e Enfermagem de Marília). “É impressionante a estrutura com ótima qualidade de atendimento das pessoas com dificuldade de locomoção”, destacou. Durante a solenidade foi anunciado ainda que o município vai dar início a um projeto de acessibilidade em 350 esquinas para facilitar a locomoção das pessoas portadoras de deficiência, através de rampas específicas.

Sobre Carlos Teixeira 106 Artigos

Ele é jornalista com conhecimento em diferentes mídias (rádio, jornal, televisão e internet) e responsável pela empresa “O Porta Voz – Assessoria de Comunicação”.

Entre na conversa...