21 de March de 2019

Jadel Gregório vai encerrar a carreira caso não atinja o índice olímpico

Jardel Gregório concede entrevista na cidade de Maringá, no Paraná. Foto: Reprodução.
Jardel Gregório concede entrevista na cidade de Maringá, no Paraná. Foto: Reprodução.

Caso não atinja o índice para as Olimpíadas do Rio nesse final de semana, no Troféu Brasil, Jadel Gregório vai encerrar a carreira durante o próprio evento. 

Quem afirmou a decisão foi Antonio Carlos Gomes. Gomes é o atual superintendente de Alto Rendimento da CBAt (Confederação Brasileira de Atletismo). Ele é técnico do atleta de salto triplo, Jadel Gregório.

Jadel é natural de Jandaia do Sul, no Paraná, mas deu seus primeiros saltos na e da carreira em Marília. O atleta tem família e amigos de infância na cidade. 

“Foi uma decisão dura, mas resolvemos. Ele tem uma história linda de muitas vitórias. Foi finalista de duas Olimpíadas, medalhista em dois mundiais e é o atual recordista Sul-americano e Brasileiro de salto triplo com a marca de 17,90m. Mas apesar de tudo ainda estará na briga pelo índice”, declarou Gomes.

Esse ano Jadel saltou 16,36m, longe do índice dos Jogos (16,85m) e do seu recorde pessoal (e sul-americano), de 17,90m. Apesar disso, o atleta está com sentimento de dever cumprido e promete seguir sempre próximo da área.

Aos 35 anos foi nomeado secretário adjunto de Esportes Lazer e Juventude do Estado de São Paulo dia 21 de maio desse ano e dessa forma promete se manter próximo do esporte de alguma maneira. Mesmo que “fora dos treinamentos, vou estar presente para poder ajudar alguém a superar marcas como a minha. Recorde é para ser batido”, ressaltou o triplista.

O Prof. Antonio Carlos Gomes estará nas solenidades do trajeto da tocha olímpica em Londrina, amanhã, dia 28, e poderá ser encontrado para prestar maiores esclarecimentos sobre Jadel Gregório e sobre o panorama e expectativas para os Jogos Olímpicos do Brasil.

Entre na conversa...