20 de October de 2019

Empresa de Araraquara vai perfurar o poço profundo de Padre Nóbrega

Poço Zona Norte de Marília

A empresa Uniper Hidrogeologia Perfurações Eireli, de Araraquara, está devidamente habilitada para a perfuração do poço profundo de Padre Nóbrega, bem como para fornecimento de materiais. A habilitação, já foi publicada no diário Oficial do Município.

Agora, é esperada para breve a ordem de serviço visando o início da perfuração. O poço terá capacidade de 15 mil litros de água por hora, beneficiando pelo menos 1.500 pessoas.

O valor estimado no orçamento apresentado pela Secretaria Municipal de Obras para a perfuração do poço, fornecimento de equipamento de bombeamento e construção da adutora é de R$ 346 mil. Futuramente, haverá a licitação para mais um reservatório.

Também já foram abertas licitações para a perfuração de mais três poços na zona norte de Marília: Altos do Palmital, Examar e Primavera, com previsão de abertura dos envelopes com as propostas para os dias três e quatro de setembro.

“Com esses quatro poços licitados, mais o da Macul já perfurado e sendo preparado para entrar em funcionamento, vamos colocar ema prática o planejamento de regionalização do abastecimento de água. Os reservatórios serão fundamentais para garantir a distribuição seguindo a demanda de consumo dos moradores. Se essas licitações não tiverem recurso, o processo de perfuração será agilizado, beneficiando a população”, explicou Vinicius.

Ele voltou a destacar que seu governo fará até metade de 2015 o que o governo anterior não executou em oito anos pelo abastecimento d’agua de Marília. “O investimento total em poços, reservatórios e adutora será de cerca de R$ 10 milhões. Os recursos foram obtidos junto ao governo do Estado e através de emendas dos deputados federais Abelardo Camarinha e Walter Ihoshi. Está havendo a aplicação de recursos da própria Prefeitura. É um grande pacote no sistema de abastecimento. Esses investimentos vão continuar sempre, para acompanhar o crescimento da cidade”, afirmou.

Ele citou o poço profundo do Cascata, com 1.100 metros de profundidade e produção de 200 mil litros/hora, garantindo o abastecimento de água de toda zona leste de Marília. Posteriormente, uma adutora ligará o poço com o reservatório da zona sul (R6). O sistema está orçado em R$ 1, 7 milhão.

Haverá também a perfuração de mais dois poços no Sistema Cavalete (zona Sul) onde a nova adutora está concluída; um em Lácio, e outro em Padre Nóbrega. Também serão construídos reservatórios em Nóbrega (200 mil litros), ETA do Rio do Peixe (1 milhão de litros), próximo à Estação Rodoviária (2 milhões) e outro no bairro Riviera (200 mil litros). Já as adutoras, ligarão o poço profundo do Cascata ao reservatório R6(zona sul) e o Sistema Cavalete ao reservatório do Nova Marília 3. “Investimento em água precisa ser constante devido ao crescimento populacional da cidade.

Entre na conversa...