14 de December de 2019

Prêmio do Sebrae estimula empreendedorismo feminino

Com inscrições abertas, Mulher de Negócios procura histórias de sucesso nas categorias Pequenos Negócios, Produtora Rural e MEI

Com o objetivo de reconhecer e fomentar o empreendedorismo feminino, a 11ª edição do Prêmio Sebrae Mulher de Negócios está com inscrições abertas até o dia 31 de julho. Para participar, a empreendedora deve escrever um relato com sua trajetória profissional.

As inscrições podem ser feitas gratuitamente no site www.mulherdenegocios.sebrae.com.br. É possível concorrer nas categorias Pequenos Negócios, Produtora Rural e Microempreendedora Individual. Após a etapa estadual, as três primeiras colocadas participam da fase nacional do Prêmio.

A comissão julgadora vai avaliar aspectos como superação, visão de futuro e ideias inovadoras. Além de certificados, as vencedoras recebem capacitações para melhorar a gestão de seus negócios.

Sandra Fumie Yamashita Matunoshita, fundadora da franquia mariliense SOS Alergia, foi a vencedora do Prêmio Sebrae Mulher de Negócios 2013, Etapa Estadual/SP – categoria Pequenas Empresas.

A dificuldade de encontrar produtos para a prevenção de suas crises alérgicas foi o que a motivou para abrir a empresa. Na época o marido tinha R$ 30 mil para investir. Com o passar dos anos, a loja começou a tomar forma, aumentando seu leque de produtos e hoje, se tornou referência no assunto. Presente em sete estados brasileiros, a SOS Alergia promove melhor qualidade de vida para os alérgicos, produzindo e comercializando produtos de qualidade atrelados a um atendimento personalizado.

Na quarta-feira, 25, a franquia comemora dez anos. “Durante nossa trajetória, pensei muitas vezes em desistir. As histórias que lia de empreendedores de sucesso foram fundamentais para eu continuar. Receber esse prêmio foi o reconhecimento de algo que estamos construindo na nossa vida enquanto empresa. E, o apoio do Sebrae é fundamental para esse crescimento”, diz Sandra.

De acordo com pesquisa do Sebrae-SP, a participação empreendedora das mulheres cresceu nos últimos anos. A população feminina economicamente ativa, formada por pessoas que estão ocupadas ou buscam ocupação, saltou de 42% em 2000 para 45% em 2010. Até 2020, a projeção é que essa porcentagem atinja 49%. Outras informações sobre o Prêmio Sebrae Mulher de Negócios pelo telefone (14) 3422-5111.

Entre na conversa...