20 de August de 2018

Vinicius Camarinha recebe Prêmio “Prefeito amigo da Criança” em Brasília

COMO PODE? Prefeito "amigo da criança" leva secretário "inimigo dos moradores de rua" à premiação em Brasília. Foto: PMM.

Mais de 100 prefeitos receberam nesta quarta- feira (22), em Brasília, o prêmio “Prefeito Amigo da Criança”, da Fundação Abrinq, referente ao período entre 2013 e 2016. Trata-se de um reconhecimento pelo trabalho de gestão pública na qualidade de vida para essa faixa etária em seus respectivos municípios.

O evento foi realizado no auditório “Nereu Ramos” da Câmara dos Deputados.

Dos 5.570 municípios brasileiros, 1.542 aderiram e 102 prefeitos foram premiados, entre eles o de Marília, Vinicius Camarinha (PSB).

Segundo o presidente da Fundação Abrinq, Carlos Antonio Tilkian, o programa incentiva os prefeitos a se comprometerem com o desenvolvimento de políticas públicas nas áreas de saúde, educação, social, proteção e garantia de recursos do orçamento visando sempre assegurar os direitos e melhorar as condições de vida das crianças e dos adolescentes em seus município.

Para o prefeito Vinicius Camarinha, o recebimento do prêmio reflete o investimento no maior patrimônio da cidade: as crianças e os adolescentes.

“Estamos investindo constantemente nos 20 mil alunos da Educação, no Programa Pequeno Cidadão, na área da Saúde, na infraestrutura do esporte, lazer, cultura e até na formação profissional. Fico muito feliz com a premiação. É a comprovação de que estamos cumprindo à risca nosso planejamento administrativo”, afirmou Vinicius.

Hélio Benetti

Hélio Benetti é o atual secretário da Saúde de Marília e é cogitado como o vice do atual prefeito Vinícius Camarinha nas eleições deste ano. Foto: PMM.
Helio Benetti é o atual secretário da Saúde de Marília e é cogitado como o vice do atual prefeito Vinícius Camarinha nas eleições deste ano. Foto: PMM.

Vinícius levou em sua comitiva à Brasília os secretários municipais da Saúde, Hélio Benetti, e da Educação, Fátima Gatti.

No dia 23 de abril de 2013 e em mais três oportunidades, Hélio Benetti, Jair Dias de Oliveira Filho, Carlos Roberto Valdenebre Silva (“Carlão”) e Paulo Roberto Vieira da Costa (“Paulo da Fumares”), atuando na qualidade de agentes públicos, atentaram contra cerca de quinze moradores de rua. Eles foram condenados recentemente pelo uso de força, violência e de uma máquina de choque, previsto no artigo 3º, “i” da Lei nº 4.898/1965 do Código Penal.

Pela privação à liberdade dos moradores de rua e ao obrigarem os mesmos à entrar em veículo Kombi da Prefeitura Municipal e encaminha-los para outra cidade contra suas vontades, Hélio Benetti, Jair Dias, Carlão e Paulo da Fumares foram condenados no artigo 4º da Lei nº 4.898/1965 do Código Penal.

Fundação Abrinq

A fundação Abrinq foi instituída em 1990, sem a finalidade lucrativa, visando mobilizar a sociedade na política para infância e adolescência. É mantida por pessoas, empresas e organizações nacionais e internacionais.

Entre na conversa...