16 de November de 2018

Laboratório utiliza técnicas do FBI para descobrir traições

Desconfiança. Foto: Divulgação.
Desconfiança. Foto: Divulgação.

Nos anos 90, os exames de DNA mudaram de vez as investigações forenses com o barateamento e a precisão das análises — tanto é que viraram cliché de programas de TV. Com base nas mesmas técnicas usadas pelo FBI e pelo Instituto Nacional de Criminalística da Polícia Federal, o laboratório DNA Barato testa amostras de material genético deixadas em camisinhas, roupas, lenços e afins para verificar indícios de traições.

Em geral, o exame é feito quando um dos parceiros desconfia do comportamento do outro, homens e mulheres, em igual proporção, segundo Ricardo di Lazzaro, sócio-fundador da DNA Barato. O teste é preciso desde que haja material genético suficiente para a análise.

“Ainda que o diálogo seja importante para esclarecer esse tipo de situação, muitas vezes sente-se a necessidade de ter um indício, e então nos procuram”, explica o empreendedor.

Ricardo conta que o mais comum é que se avaliem camisinhas e roupas íntimas, além de pedaços de papel higiênico amassados. “Desde que haja resquício de secreções, podemos inclusive analisar manchas de batom em camisas ou toalhas, por exemplo”, diz.

Para analisar o material, são utilizados kits de extração do DNA de alta sensibilidade que se baseiam em colunas de sílica e resinas magnéticas – as mesmas técnicas empregadas na rotina dos principais laboratórios forenses do mundo.

Além de avaliar o material genético recolhido por quem requereu o exame, é necessário compará-lo com o do parceiro desconfiado. Dessa forma, é possível saber se a amostra realmente pertence a um terceiro indivíduo. “Em um caso, inclusive, foram encontrados dois perfis genéticos que não eram compatíveis com o do companheiro”, lembra Ricardo.

O cofundador faz, ainda, um último adendo: “É importante frisar que a pessoa que solicitou o teste é quem se responsabiliza pela coleta e custódia do material até a entrega deste ao laboratório”. Os resultados ficam prontos em até 10 dias e são confidenciais.

Entre na conversa...