18 de July de 2019

Marília Global divulga resultado da enquete: o que os marilienses estão fazendo para enfrentar a crise?

O mercado financeiro voltou a elevar a previsão de inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) para 2015, de 7,01% para 7,15%.
Fique de olho na arrecadação e no gasto da Prefeitura Municipal. Foto: Primeiro jornal.

A crise econômica que tem afetado o bolso das famílias marilienses foi um dos grandes temas no segundo semestre deste ano. De um lado, as Prefeituras, os Estados e a União se protegem aumentando impostos, tarifas e emolumentos. Em Marília, a gestão municipal concedeu reajustes nas tarifas de ônibus e no fornecimento de água e tratamento de esgoto; impôs e aumentou o valor da CIP (Contribuição de Iluminação Pública) e contou com os constantes excessos de arrecadação.

Do outro lado, o contribuinte convive com o desemprego, o congelamento dos salários, o aumento dos preços no supermercado e, claro, a pressão do aumento das contas de água e esgoto, luz e tarifa de ônibus.

Em questionário aberto no segundo semestre deste ano, o Marília Global quis saber dos leitores o que eles estavam fazendo para enfrentar a crise. Confiram o resultado:

  • 47% dos participantes assinalaram, “Reduzindo despesas com lazer”;
  • 32% assinalaram, “Retirando as reservas da poupança”;
  • 18% marcaram que estão “Arrumando um segundo emprego”;
  • 15% disse que estão “Deixando de pagar algumas contas”; e
  • apenas 3% responderam, “Ainda não senti os efeitos da crise“. 

Cada participante poderia escolher mais de uma opção, daí a somatória do percentual exceder 100%.

Para 2016, há grande expectativa sobre a aprovação da CPMF (Contribuição Provisória sobre Movimentações Financeiras) no Congresso Nacional. Em Marília, ainda há importantes dúvidas sobre como ocorrerão os reajustes no serviço de tratamento de água e esgoto após a concessão do Daem à iniciativa privada. Conforme apurou o Giro Marília, na abertura oficial da licitação para a concessão do Daem, no Portal da Transparência, o modelo de tarifas ou dos valores a serem adotados como limites para a cobrança não foram publicados pela Prefeitura Municipal.

Entre na conversa...