12ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia: mais dois livros para download gratuito

Como participante da 12ª edição da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, coordenada pelo Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação, a Poiesis Editora irá disponibilizar alguns títulos do seu catálogo na Amazon Brasil para download gratuito entre os dias 21 e 22 de outubro, datas que compõem as atividades digitais da Semana.

A promoção é válida à todos aqueles que possuem uma conta junto a Amazon Brasil. Contudo, não é preciso possuir um tablet (leitor de livro) para aproveitar a promoção, já que o aplicativo de leitura da Amazon também roda em computadores de mesa. Veja aqui como isso funciona.

Com o objetivo de fomentar a leitura de livros digitais, nossos leitores poderão acessar os seguintes livros hoje, quinta-feira, 22.

Capa de livro editado pela Poiesis Editora.
Capa de livro editado pela Poiesis Editora.

“A presença da filosofia platônica na pedagogia do Estado Novo”, de Tatiane Silva. Apresentação: O tema do presente livro diz respeito ao regime governamental instituído por Getúlio Vargas em 1937, denominado Estado Novo, cuja vigência estendeu-se até 1945. Francisco Campos, Azevedo Amaral e Lourenço Filho foram responsáveis pelas diretrizes do Estado Novo. Lourenço Filho, diferentemente de Campos e Amaral, envolveu-se de maneira direta com a educação durante o regime de 1937, firmando concepções educacionais que buscavam assegurar “a identidade entre Nação e estado”. Clique aqui para acessar a página do livro na Amazon Brasil.

“Por uma análise retórica dos significados do ensino de música na educação básica”, de Mônica de Almeida Duarte. Apresentação:Esta tese aborda as representações sociais de música e do seu ensino construídas por professores de música no ensino básico, a partir da perspectiva epistemológica da virada retórica da filosofia. Para tal a autora analisa o discurso dos professores ao qual chegou-se por meio de entrevistas e da técnica de grupo focal, aplicada na forma de um painel de especialistas. Para a apreensão das representações, realizou-se a análise retórica dos discursos, procurando consolidar uma metodologia que se afastasse da linhagem estruturalista ou idealista de algumas correntes da semiologia da música; evidenciando o caráter argumentativo dos discursos, pelos quais as representações são veiculadas; considerando a intencionalidade do orador na construção das figuras de linguagem, notadamente a metáfora, como epítomes de representações sociais. Chegou-se, então, à metáfora mais ampla e centralizadora das representações apresentadas pelos professores: a música como se fosse a VIDA, inscrita no quadro conceitual do Romantismo, pelo qual a música está para além das negociações de seu sentido. Clique aqui para acessar a página do livro na Amazon Brasil.

Sobre Beto Cavallari 181 Artigos

Sou editor do jornal online MG e escrevo sobre política, cultura, tecnologia e educação.

Entre na conversa...