1 de April de 2020

Apartamentos da zona sul: confirmada renda familiar máxima de R$ 1.600

Maquete Condomínio Residencial São Bento, na rua Mário Bataiola, próximo ao conjunto da CDHU e Sest/Senat, na zona sul de Marília.
Maquete Condomínio Residencial São Bento, na rua Mário Bataiola, próximo ao conjunto da CDHU e Sest/Senat, na zona sul de Marília.

Teve início às 9h00 desta segunda feira, no Espaço Cultural, o cadastramento para os 816 apartamentos do Condomínio Residencial São Bento, na rua Mário Bataiola, próximo ao conjunto da CDHU e Sest/Senat, na zona sul de Marília. No momento, a Construtora Menin executa o serviço de terraplanagem.

O cadastramento irá até o dia 24 de outubro, sempre no horário das 9h00 às 17h00 ou pelo site www.emdurbmarilia.com.br. Os documentos necessários são RG e CPF(Se casado, a documentação do dois); NIS(Número de Identificação Social),PIS ou PASEP; conta de água, luz ou telefone, comprovando a residência, além do comprovante de renda, se for registrado. A Emdurb disponibilizou 13 funcionários para o atendimento no local.

A construção dos apartamentos será dentro do programa “Mais Casas”, da Prefeitura Municipal. Segundo o prefeito Vinicius Camarinha, trata-se do maior programa habitacional da história de Marília.“Eles vão beneficiar famílias com renda total de até R$1.600,00. Como as inscrições poderão ser feitas até 24 de outubro, e há possibilidade do cadastro pela Internet, não há necessidade de longas filas. Lembro que a ocupação dos apartamentos não será por ordem de inscrição. Futuramente, será realizado o sorteio público. A expectativa é de que até 20 mil cadastrados sejam confirmados. Na parceria com o governo Federal, através do programa “Minha Casa, Minha Vida” o objetivo é o atendimento social. Por isso, o cadastramento estará liberado mesmo para quem tem o nome negativado no SCPC(Serviço Central de Proteção ao Crédito) ou Serasa, que rege o sistema bancário”, explicou Vinicius.

Os 816 apartamentos serão divididos em três condomínios(cada um com 276), totalizando 51 blocos. Portaria 24 horas, salão de festas, quiosque com churrasqueira, quadra poliesportiva e área verde são indicativos de uma infra estrutura para o conforto dos moradores. “As prestações vão variar de R$ 25 a R$ 80, correspondendo a 5% da renda. O pagamento será em até 120 meses”, finalizou o prefeito.

O cadastramento é regido por regras confirmadas pela Emdurb/Caixa Federal:

  • Não estar inscrito no cadastro de mutuários(CADMUT).
  • Não estar inscrito no Cadin ou seja, ter dívidas fiscais e com a União
  • Não ter propriedade de qualquer natureza.
  • Não ultrapassar renda familiar bruta de R$ 1.600,00.
  • Não ser proprietário de imóvel financiado anteriormente, em qualquer época ou região do país. Mesmo que já tenha sido transferido para terceiros.
  • Não ser funcionário da Caixa, assim como o conjugue.
  • É preciso residir no município de Marília há pelo menos três anos.
  • Ter situação civil regularizada
  • Ter mais de 18 anos na data do cadastramento, seja titular ou conjuge.

Entre na conversa...