18 de November de 2018

AgroNotícias por Mauricio Picazo Galhardo

ADMINISTRAÇÃO. Dirigentes do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) participaram de um curso promovido pelo Instituto Serzedello Corrêa – escola de governo do Tribunal de Contas da União (TCU) – para discutir a governança para alta administração dos órgãos públicos. O seminário foi elaborado a partir de uma parceria firmada entre o TCU e a Casa Civil da Presidência da República com base no Decreto 9.203 de 2017.
CRESCIMENTO. Com certificado de sanidade e produzida com sustentabilidade, a carne bovina brasileira entrou em mais de 135 países, em 2017, totalizando 1,5 milhão de toneladas e divisas de US$ 6,1 bilhões. Já no acumulado de janeiro a julho deste ano, o Brasil vendeu 844 mil toneladas, acréscimo de 8,3% em comparação ao igual período do ano passado, representando US$ 3,5 bilhões (+11,1%).
SOLO. O desafio do equilíbrio entre a proteção da biodiversidade e o manejo sustentável da terra para produção agrícola domina o debate no 21º Congresso Mundial de Ciência do Solo, realizado no Rio de Janeiro. O evento, que aconteceu pela primeira vez na América Latina, teve o tema “Ciência do solo: para além da produção de alimentos e de energia”, foi produzido pela União Internacional da Ciência do Solo.
RECICLAGEM. O Dia Nacional do Campo Limpo é comemorado anualmente no dia 18 de agosto. A data integra o Calendário Nacional desde 2008, e foi criada pelo inpEV com o objetivo de reconhecer a participação dos diferentes agentes – agricultores, canais de revenda e cooperativas, indústria fabricante e poder público – da logística reversa de embalagens vazias de defensivos agrícolas no Brasil e celebrar os resultados alcançados com a atuação conjunta. A iniciativa ajuda a refletir sobre a importância da conservação do meio ambiente.
MOTOCICLETA. Comemorado no dia 27 de julho, o Dia do Motociclista teve um sabor especial este ano, principalmente no meio rural. É que as motocas entraram na lista de itens que podem ser financiados por meio do Programa de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf – Mais Alimentos), do governo federal. Desde o dia 1º de julho deste ano, os produtores inscritos no Programa podem financiar os veículos de duas rodas, com taxas de juro subsidiadas, que variam entre 2,5% a 5,5% ao ano.
ALGODÃO. Áreas de instabilidade atuando sobre o centro e o norte do país, provocam chuva de moderada a forte intensidade sobre diversas áreas produtoras de algodão do Mato Grosso e da Bahia. Essa instabilidade prejudica a qualidade das fibras, trazendo prejuízos aos produtores. Por outro lado, a chuva favorece o desenvolvimento das plantas, principalmente de cobertura, que irão ser dessecadas nas próximas semanas, para posterior plantio da soja.
GLIFOSATO. Com o início do plantio da próxima safra se aproximando, as discussões em torno da suspensão do glifosato e do uso de agrotóxicos ganham maior proporção.  Na semana passada, a decisão da justiça brasileira veio como uma rápida resposta à condenação na Califórnia da Monsanto – maior fabricante de produtos que contêm como ingrediente ativo o glifosato – a pagar quase 290 milhões de dólares por danos a Dewayne Johnson, um jardineiro americano com câncer após a exposição reiterada ao Roundup, produto que tem como princípio ativo o glifosato.
AGRICULTURA FAMILIAR. Apesar das incertezas que rondam a economia sempre que se aproxima o período eleitoral, os bancos de fábrica projetam bons negócios na Expointer 2018, feira que se realiza de 25 de agosto a 2 de setembro no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio. Segundo o superintendente comercial do Banco DLL, José Luís Campos, a previsão é de incremento de 10% a 15% em relação à movimentação da feira do ano passado, quando os pedidos encaminhados somaram R$ 28,6 milhões.
VISITA. Um grupo de importadores europeus de suco de laranja, integrantes do grupo Juice CSR Plataform, esteve no Fundecitrus, para conhecer a instituição e os trabalhos desenvolvidos para o setor citrícola paulista ao longo de seus 40 anos. Os visitantes foram recebidos pelo gerente-geral do Fundecitrus, Juliano Ayres, que fez apresentação sobre a citricultura paulista, o inventário de árvores 2018/19 do parque citrícola de São Paulo e Minas Gerais e as perspectivas para o setor.
Veja também o quadrinho semanal Agro-Cartoon, publicado no site: www.agro-cartoons.blogspot.com.br.

Texto(s): Mapa, inpEV, Agrolink)

Entre na conversa...