Um pedacinho de Paris no coração de Marília

Especiais da Semana

Emi Nishimura e Eric Mancini, tendo ao fundo uma tela de Kinkas Caetano - Foto: Carlos Teixeira

Imagina reunir um ingrediente de Toronto, no Canadá, com outro de Pompeia, no Estado de São Paulo e misturar com a mais clássica e deliciosa cozinha de Paris, da França. Parece inimaginável, mas foi isso que fez nascer o Le Marché Bistrô & Empório Gourmet, que funciona desde maio deste ano em Marília. Os ingredientes? Bem, o primeiro é Eric Mancini, nascido em Toronto e morando no Brasil há cerca de dois anos e meio. O segundo é Emi Nishimura, nascida em Pompeia. O terceiro é o sonho realizado pelo casal: o restaurante de Marília.

Mancini conta que conheceu Emi em Paris em 2010, quando ambos faziam um curso de culinária na cidade das luzes. “Foi uma situação engraçada, porque nós nos sentamos na mesma mesa, um de frente para o outro, sem nos conhecer. A partir de então, essa união não se desfez”, relembra Emi. Hoje, Eric e Emi são pais de Luca, com dois anos. Após o curso, eles fizeram outras coisas juntos, incluindo uma visita de Mancini ao Brasil, mais precisamente a terra natal de Emi, Pompeia. A partir de então, o encanto foi ainda maior. “Quando eu vi as palmeiras, o verde do Brasil, a hospitalidade, o calor humano e a natureza de Pompeia, do Brasil, me apaixonei”, disse.

A partir de então, ele começou a conceber a ideia de montar um bistrô em Marília, com todas as características deste empreendimento popularmente conhecido na França. “Foi aproximadamente um ano de estudo do negócio, pesquisa por locais, reforma deste prédio. E aí conheci um pouquinho do jeitinho brasileiro. Percebi que não estava em Toronto, no Canadá, e que as coisas são um pouco mais lentas. Mas foi bom ser assim, porque tudo aconteceu conforme eu desejava, da forma como tínhamos planejado”, relembra Mancini.

O Le Marché Bistrô foi inaugurado em 12 de maio, na Rua Alvares Cabral, 190, com a proposta de oferecer comida de qualidade, com o que há de melhor da culinária francesa. E, para isso, Mancini destaca que não abre mão de supervisionar e escolher os ingredientes com o mais extremo rigor. “Nós escolhemos com muito critério os frutos do mar, os peixes, as ervas e todos os demais ingredientes. Tudo é feito de forma artesanal. Fazemos em pequenas quantidades e sem qualquer ingrediente químico. Não tem conservante, corante ou qualquer item que possa alterar o sabor, a textura ou a coloração”, revela.

Emi ressalta que a proposta é oferecer um espaço de qualidade, com sofisticação, para atender ao público de Marília e de toda a região. “Nós recebemos pessoas de Bauru, Assis, Tupã, Lins e de outras cidades da região. As reservas precisam ser feitas antecipadamente, porque são muito concorridas”, explica Mancini. Fica a dica, o telefone do local é (14) 3113-5213.

O chef se diz extremamente satisfeito e feliz com a receptividade do Le Marché Bistrô. “Estou muito feliz, porque fomos bem recebidos e os nossos clientes entenderam a nossa proposta. Eles sabem que aqui vão encontrar o que há de maior qualidade em termos de culinária francesa.

Exposição

O Le Marché Bistrô recebe, até o dia 29, a exposição de obras do artista Kinkas Caetano, que após 30 anos volta para Marília. Mancini destacou que foi a primeira iniciativa do tipo realizada pelo Le Marché, mas que outras devem ser realizadas. “Estamos a disposição dos meios culturais para acertar outros eventos artísticos. Afinal de contas, culinária também é uma arte e combina perfeitamente com outras manifestações culturais”, finaliza.

Sobre Carlos Teixeira 106 Artigos

Ele é jornalista com conhecimento em diferentes mídias (rádio, jornal, televisão e internet) e responsável pela empresa “O Porta Voz – Assessoria de Comunicação”.

Entre na conversa...