Agronegócio: Em janeiro e fevereiro Brasil foi o maior exportador de ovos para o Japão

Brasil é o maior exportador de ovos para o Japão - Agro Cartoon / Picazo

OVOS SIM

O Brasil é o maior fornecedor de ovos frescos para o Japão. Nos dois primeiros meses deste ano, os japoneses importaram 805 toneladas do produto, sendo 680 toneladas do Brasil. Isso corresponde a 84,6% do volume total. A receita foi de US$ 1,084 milhão.

AQUECIMENTO GLOBAL

Até o fim deste século, as mudanças climáticas trarão efeitos dramáticos para a sociedade americana. O fenômeno, acelerado nos últimos 100 anos pela emissão de gases de efeito estufa (GEEs) oriundos dos combustíveis fósseis (gasolina e diesel), além de causar incêndios e inundações em áreas populosas, ocasionará variações excessivas de temperaturas que vão afetar em grande escala a agricultura e a saúde física e mental da população. O setor elétrico dos EUA tem como proposta reduzir suas emissões em 30% nos próximos 14 anos.

INTERNET

A Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo lançou seu novo Portal na internet, www.agricultura.sp.gov.br, no dia, 13 de abril, com foco na prestação de serviços para todos os públicos que interagem e têm interesse na agropecuária paulista, agilizando a comunicação com o cidadão e o produtor rural.

EMBARQUES

Segundo o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), o Brasil exportou 8,37 milhões de toneladas de soja grão em março. A média diária foi de 380,66 mil toneladas, 255,1% mais que no mês anterior. Na comparação com março do ano passado, as exportações aumentaram 49,8%.

AGRONEGÓCIO PAULISTA

O PIB do agronegócio do estado de São Paulo acumulou queda de 1,7% em 2015, segundo indicam pesquisas do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada), da Esalq/USP, com o apoio da Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo). Apesar do recuo, a taxa foi mais amena que a registrada em 2014, quando o setor retraiu 3,6%.

CADASTRO AMBIENTAL RURAL

Na reta final do prazo para o Cadastramento Ambiental Rural (CAR) – que vai até 5 de maio– o País registra um aumento percentual de áreas cadastradas. A alta verificada é em março é de 4% em relação ao mês anterior. Até o momento, 2,6 milhões de imóveis rurais já foram cadastrados, ou seja, 70,3% da área prevista já está no sistema.

REGULAMENTAÇÃO

Para regulamentar as práticas de manejo de solo e o uso de recursos hídricos, representantes do governo federal apresentaram proposta de projeto de lei que institui a Política Nacional de Conservação do Solo e da Água no Meio Rural.

MUTIRÃO

Na manhã do dia, 14/04, funcionários do Campus Luiz de Queiroz, da USP de Piracicaba, reuniram-se para um mutirão para eliminação de criadouros do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika vírus e febre chikungunya.

SAFRA RECORDE

A safra 2016/2017 de cana-de-açúcar do Brasil deverá chegar ao recorde de 691 milhões de toneladas, com um aumento de 3,8% em relação à temporada anterior, quando foram colhidas 665,6 milhões de toneladas. A variação se deve ao crescimento da área colhida de 5,4%. Este é do primeiro levantamento realizado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), divulgado no dia (14).

FINANCIAMENTO

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) ampliou em 300 milhões de reais os recursos de financiamento do Programa de Modernização da Frota de Tratores Agrícolas e Implementos Associados e Colheitadeiras (Moderfrota). Com isso, o valor total destinado ao programa,  para o Plano Safra 2015/2016, passou para R$ 4,04 bilhões.

MILHÃO

Os preços do milho registraram variações distintas entre as regiões acompanhadas pelo Cepea na semana passada. Enquanto no Centro-Oeste os valores subiram, impulsionados pela falta de chuva em muitas regiões – o que pode prejudicar a produtividade –, em São Paulo, a colheita e a retração de parte dos compradores pressionaram as cotações.

Email: mauricio.picazo.galhardo@hotmail.com. Boa semana e um forte abraço.

Entre na conversa...