11 de December de 2018

Contrário ao que está sendo anunciado pela Prefeitura, repasses da União e do estado aumentaram em 2015

Foto: Wikimedia

Segundo matéria publicada no site da Prefeitura no dia 28 de maio de 2015, intitulada “Prefeitura registra forte queda na arrecadação, reduz despesas e age com responsabilidade fiscal”, as receitas municipais diminuíram em relação a 2014 “principalmente pela queda no repasse de convênios como o FPM (Fundo de Participação de Municípios) e o ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) – além de outras transferências vinculadas à União”, afirma o texto.

[contextly_sidebar id=”XOidHzdUYXHxGAFPIIERG4MBA5wnDt8Y”]Porém, a realidade é outra, ou seja, a informação vai à contramão dos dados divulgados no Demonstrativo da Receita Arrecadada da Prefeitura no período de janeiro a junho de 2014 e no mesmo período de 2015. A Matra observou uma crescente nas receitas do ICMS, FPM e IPVA (Imposto de Propriedade de Veículos Automotores) em relação ao ano passado.

As informações foram extraídas do Diário Oficial do Município:

FPM

  • 2014: R$ 28.239.013,10
  • 2015: R$ 30.169.978,52

ICMS

  • 2014: R$ 49.276.415,65
  • 2015: R$ 54.913.225,94

IPVA

  • 2014: R$ 28.678.004,42
  • 2015: R$ 30.746.840,67

Portanto, não é verdadeira a informação de que houve queda na arrecadação em relação ao ano passado. Na verdade, confrontando ambos os períodos, houve arrecadação maior da ordem de R$ 9.636.611,96.

Entre na conversa...