15 de December de 2018

Ao contrário do que propagandeou o prefeito Vinícius Camarinha, caminhão foi adquirido pelo Estado

Má-fé ou desconhecimento do que acontece na Prefeitura? Ao contrário do que propagandeou o prefeito Vinícius Camarinha, caminhão foi adquirido pelo Estado. Foto: Prefeitura Municipal de Marília.
Má-fé ou desconhecimento do que acontece na Prefeitura? Ao contrário do que propagandeou o prefeito Vinícius Camarinha, caminhão foi adquirido pelo Estado. Foto: Prefeitura Municipal de Marília.

Em resposta ao requerimento nº 1564/2015 formulado pelo vereador Wilson Damasceno, o Comandante do 10º Grupamento de Bombeiros informou que o caminhão autobomba, doado ao Corpo de Bombeiros, “foi adquirido pelo Governo do Estado, portanto, com recursos exclusivamente estaduais”.

Segundo o requerimento apresentado pelo edil, em release enviado pela Diretoria de Divulgação e Comunicação/2013-2016 à imprensa de Marília, o Prefeito Municipal Vinícius Camarinha disse que:

Por lei, todos os contribuintes recolhem a taxa de bombeiros, porém, na administração passada esse recurso não era devidamente repassado para a corporação. Agora é diferente, a nossa gestão tem repassado integralmente esse tributo. Recurso que resulta em equipamentos, modernização e investimentos, exemplo é a entrega desse veículo de última geração para o Corpo de Bombeiros.

Diante da informação de que o recurso arrecadado por meio da cobrança da Taxa de Bombeiros foi repassado integralmente à Corporação, acarretando na entrega do caminhão autobomba, o vereador Wilson Damasceno requereu à Prefeitura o encaminhamento das cópias de todo o processo licitatório que culminou na compra do veículo avaliado em R$ 550 mil.

A Diretoria de Suprimentos da Prefeitura respondeu que “não há nos arquivos desta Diretoria de Suprimentos quaisquer processos licitatórios objetivando a contratação do veículo informado no presente requerimento”.

O requerimento foi repassado ao Comandante do 10º Grupamento de Bombeiros, o qual afirmou que a viatura foi adquirida com recursos estaduais. Diante da gravidade do caso, o vereador Wilson Damasceno pediu para que o governador Geraldo Alckmin fosse informado do ocorrido.

Requerimento_Damasceno01Requerimento_Damasceno02Requerimento_Damasceno03Requerimento_Damasceno04

Entre na conversa...