Chuva causa estragos na zona rural mas trabalho preventivo reduziu prejuízos

O trabalho preventivo realizado pela Secretaria Municipal da Agricultura durante o período de estiagem nos 430 quilômetros de estradas rurais evitou maiores prejuízos. Mesmo assim, devido ao volume intenso da chuva nos últimos dias, a ponte da Vacaria sobre o Rio do Peixe – localizada no distrito de Avencas – foi temporariamente interditada pela Prefeitura.

Chuva causa estragos na zona rural. Trabalho preventivo reduziu prejuízosForam colocados cascalho em vários pontos críticos, além da implantação de caixas de contenção e escoamento de água. “Graças a esse trabalho preventivo, determinado pelo prefeito Vinicius, está sendo possível reduzir esses prejuízos, garantindo o escoamento da safra agrícola e também das pessoas e estudantes da zona rural”, observou o secretário municipal da Agricultura, Takao Shintaku.

Recuperação

No caso da ponte da Vacaria, o secretário explicou que devido à chuva “verificamos que a parte estrutural da ponte começou a ceder com a força da correnteza do rio. Para garantir a segurança dos moradores que transitam pelo local resolvemos interditá-la. O prefeito Vinicius Camarinha já determinou para que seja feito um levantamento de todo o material necessário para a sua reforma”.

Segundo o secretário Takao Shintaku, os trabalhos de conservação das estradas rurais também ficaram bastante prejudicados neste mês por causa das chuvas. “Com o excesso de barro e lama, os trabalhos com as nossas máquinas tiveram que ser interrompidos várias vezes. Isto acaba atrasando o nosso cronograma de serviços”, ressalta Shintaku.

Tapa-Buracos

Além da zona rural, a Codemar (Companhia de Desenvolvimento de Marília) informa que a Operação Tapa-Buracos – que estava prevista para diversos bairros da cidade, durante esta semana – também foi prejudicada com o grande volume de chuvas.

“Para que o serviço seja bem feito é preciso que haja de um a dois dias de tempo bem seco e com muito sol. Com as chuvas é inviável fazer o tapa-buracos”, enfatiza Rogério Alexandre da Graça, diretor-presidente da Codemar.

E finaliza. “Pedimos mais uma vez a compreensão dos moradores. Assim que houver uma melhora nas condições do clima vamos retomar a operação o mais rápido possível”.

Sobre Prefeitura de Marília 497 Artigos
Divulgação e Comunicação sob a responsabilidade de Carlos Bonatelli. Administração 2012-16 de Vinícius Camarinha (PSB).
Contato: Website

Entre na conversa...