20 de October de 2019

Cejusc Itinerante teve quase 2 mil atendimentos na zona oeste

Atividades no Cejusc. Foto: Divulgação

O Cejusc (Centro Judiciário de Solução de Conflitos) Itinerante realizado, sábado, na Emef Nelson Gabaldi, na zona oeste, teve 1.937 atendimentos.

O balanço divulgado pela comissão organizadora é o seguinte:

SERVIÇOS TOTAL DE ATENDIMENTOS OBSERVAÇÕES
CEJUSC 129 127 Orientações Jurídicas

2 Audiências na área de família

INSS 40 Orientações sobre aposentadoria e demais benefícios
PAT 6 Emissões de Carteira de Trabalho
MPF 65 10 Orientações Jurídicas

55 Coletas de assinaturas do projeto “10 medidas contra a corrupção”

DEFENSORIA 21 Atendimentos
UNIMAR 744 Serviços prestados nas áreas de Fisioterapia, Nutrição, Biomedicina, Psicologia, Pedagogia, Farmácia, Odontologia, Direito, Agronomia, Educação Física, Ciências Contábeis, Administração, Enfermagem, Medicina
PREFEITURA 720 Serviços prestados pelas Secretarias da Saúde, Meio Ambiente e Juventude e Cidadania
UNIODONTO 65 Triagem, Escovação e Bocão Lúdico
EFAC 78 Maquiagem e Corte de Cabelo
EMBELLEZE 69 Esmaltação e Corte de Cabelo
TOTAL 1937  

O juiz de Direito, Marcelo de Freitas Brito, representando o Tribunal de Justiça do Estado, destacou que depois das zonas norte e sul, agora a população da zona oeste de Marília foi a grande beneficiada. “Essa parceria do Tribunal com a Prefeitura, Unimar, Ministério Público Federal e outros setores beneficia muito a população numa grande extensão social. Parabéns a todos os participantes”, destacou.

O Procurador da República, Jefferson Aparecido Dias, lembrou que esse é um projeto que cresce a cada realização. “A população tem aderido cada vez mais e isso é muito importante.Depois do atendimento, os cidadãos dão sugestões visando sempre a melhoria do serviço. Isso aproxima muito a população dos segmentos envolvidos ”, afirmou.

O prefeito Vinicius Camarinha mais uma vez parabenizou a todos os organizadores, coordenadores e participantes. “A união de todos está beneficiando a população. Essa atividade precisa mesmo acontecer periodicamente já que tem dado ótimo resultado”, afirmou.

O reitor da Unimar, Márcio Mesquita Serva, diz que o Cejusc já é um grande projeto da Justiça paulista por isso ele abriu o espaço na Unimar. Agora indo ao encontro da comunidade, no sistema itinerante, é essencial. “É fundamental proporcionar a extensão universitária. Todos da Unimar se sentem muito honrados com essa atividade beneficiando a população. É um grande potencial que precisa continuar sendo acontecendo”, destacou.

A diretora substituta da Emef Nelson Gabaldi, Josiane Cristina Felix, ressaltou a utilização do espaço da escola para beneficiar a comunidade. “É uma verdadeira integração, comprovando que a escola é realmente da população. Todos com isso ganham muito”, ressaltou.

Entre na conversa...