21 de October de 2018

“Emendas parlamentares de deputados tem que acabar”

Poit, ao centro, na linha do trem com filiados do Novo em Marília.
Poit, ao centro, na linha do trem com filiados do Novo em Marília.

Quem faz essa afirmação é Vinícius Poit, pré-candidato a Deputado federal pelo Partido Novo. Poit esta na cidade de Marília para falar sobre empreendedorismo, esporte e política.

Natural de Osvaldo Cruz, Poit tem posições fortes. Por exemplo, sobre emendas parlamentares, ele afirma categoricamente que esse oba-oba que a velha política promove quando usa as emendas são uma tremenda palhaçada.

“Deputado que traz emenda parlamentar não faz nada mais do que devolver o dinheiro arrecadado dos impostos para a cidade”. As emendas parlamentares são instrumentos de participação dos deputados nos orçamentos públicos estaduais e federal.

Porém, ele destaca que o problema esta no Pacto Federativo. O Pacto é um conjunto de dispositivos constitucionais que, entre outras coisas, estabelece a moldura jurídica de captação e distribuição de impostos entre a União, estados e municípios.

Assim, ele constata que as cidades em crescimento e que geram e repassam muitos impostos para os outros entes da Federação acabam se tornando deficitárias na oferta dos serviços públicos.

“Não tem cabimento os prefeitos e vereadores terem que ficar passando o chapéu em Brasília e ficarem reféns dos Deputados por conta das emendas. Esses recursos nem devem sair de suas origens, devem ficar nos municípios. Ponto”, afirma Poit.

Alinhado a própria estrutura estatutária do Partido Novo, Poit tem outras posições fortes. Uma delas é a não utilização do Fundo Partidário para as eleições. Ele também é a favor do fim dos cargos vitalícios no STF (Supremo Tribunal Federal) e das indicações políticas para ocuparem os cargos.

Entre na conversa...