15 de November de 2019

OAB dedica missa à Dia de Santo Ivo, padroeiro dos advogados

Santo Ivo. Foto: Rosário em Família.

Nesta quinta-feira (19) comemora-se o Dia de Santo Ivo, “padroeiro dos advogados”. Para celebrar a data, será realizada uma missa, a pedido da OAB Marília, às19h30 na igreja Nossa Senhora de Fátima, localizada na rua Marechal Deodoro, 387, centro.

A missa será celebrada para lembrar a tradição católica que existe há anos sobre o ‘santo padroeiro dos advogados’.

“A OAB afirma que o Estado é laico. No entanto, devemos destacar e lembrar que cada um tem a possibilidade de escolher qual religião pretende ou não seguir”, afirma Trindade.

A celebração será realizada em homenagem a Santo Ivo, mas qualquer profissional e fiel pode participar da missa.

Santo Ivo

Santo Ivo, cujo nome é Yves Hélory de Kermartin, nasceu em 17 de outubro de 1253 em Bretanha, na França e faleceu, aos 50 anos, em 19 de maio de 1303. Ele dedicou sua vida à defesa dos miseráveis e oprimidos. Ivo foi canonizado, pelo Papa Clemente VI, em 19 de maio de 1347, quando foi “inscrito no Catálogo dos Santos da Igreja como patrono dos Advogados e Defensores”.

É de Santo Ivo o primeiro e célebre Decálogo do Advogado, considerado como um sintético tratado de Deontologia da profissão. Além disso, foi de sua inspiração a criação da “Instituição dos Advogados dos Pobres”, especialmente para pelejar as causas dos revéis, pobres, viúvas e órfãos.

Decálogo de Santo Ivo

  1. O advogado deve pedir a ajuda de Deus nas suas demandas, pois Deus é o primeiro protetor da Justiça;
  2. Nenhum advogado aceitará a defesa de casos injustos, porque são perniciosos à consciência e ao decoro;
  3. O advogado não deve onerar o cliente com gastos excessivos;
  4. Nenhum advogado deve utilizar, no patrocínio dos casos que lhe são confiados, meios ilícitos ou injustos;
  5. Deve tratar o caso de cada cliente como se fosse seu próprio;
  6. Não deve poupar trabalho nem tempo para obter a vitória do caso de que se tenha encarregado;
  7. Nenhum advogado deve aceitar mais causas do que o tempo disponível lhe permite;
  8. O advogado deve amar a Justiça e a honradez tanto como as meninas dos olhos;
  9. A demora e a negligência de um advogado causam prejuízo ao cliente e quando isso acontece deve indenizá-lo;
  10. Para fazer uma boa defesa, o advogado deve ser verídico, sincero e lógico.

Entre na conversa...