Prefeitura prorroga reforma para obra reinaugurada com festa em junho

A reinauguração de mentirinha da Praça das Bandeiras: serviços não acabaram. Foto: Divulgação.
A reinauguração de mentirinha da Praça das Bandeiras: serviços não acabaram. Foto: Divulgação.

Na noite de 8 de junho, o prefeito Vinícius Camarinha (PSB) e membros da administração municipal descerraram a placa de reinauguração da Praça das Bandeiras, no Centro.

Pouca gente apareceu para prestigiar o evento com evidentes interesses políticos, mas que contou com queima de fogos e apresentação da Banda Marcial Cidade de Marília. A divulgação feita pela assessoria de imprensa falava em “ampla remodelação” da praça, com “novo e moderno projeto urbanístico e de iluminação”.

Pois é, a reinauguração foi de mentirinha porque a praça ainda não está pronta. Tanto não está que neste sábado (16) o DOM (Diário Oficial de Marília) publicou Extrato de Contrato com prorrogação de 60 dias do contrato para a tal reforma, firmado com a empresa Ambiente Engenharia e Paisagismo.

O mesmo prazo de prorrogação também foi dado para a reforma da Praça do Paço Municipal, a Praça Saturnino de Brito e a construção das praças dos jardins Continental e Cavallari. Ou seja, nada ficou pronto até agora.

A reinauguração de mentirinha da Praça das Bandeiras só tem uma justificativa: como 2016 é ano eleitoral e há impedimentos impostos pela Justiça para a presença do prefeito em inaugurações, por exemplo, ele antecipou a festa. A mentirinha, entretanto, foi agora escancarada pelo Diário Oficial.

Sobre Hailton Medeiros 38 Artigos

Hailton Medeiros é jornalista e âncora do polêmico e dinâmico programa de televisão e internet, HORA H. Ele apresenta e comenta diariamente as principais notícias de Marília.

Entre na conversa...