22 de January de 2020

Ação do MP contra hospital André Luíz de Garça compromete atendimento de dependentes químicos

Fachada do hospital André Luiz, em Garça.
Fachada do hospital André Luiz, em Garça.

Recentemente, o juiz José Augusto França Júnior, da 2ª Vara Cível de Garça, decidiu pela interdição parcial do Hospital André Luiz e proibiu a instituição de receber novos pacientes. O motivo que embasou a decisão foi a falta de licenças e alvarás exigidos por lei para o pleno funcionamento do hospital. A preocupação do Ministério Público (MP) de Garça, em ação movida contra o hospital pela promotora Patrícia Soares de Souza, alega que tal pedido de fechamento parcial evitaria riscos aos pacientes, uma vez que a estrutura do prédio não estaria adequada ao bom funcionamento.

Alegando falta de recursos financeiros para completar as exigências técnicas ao funcionamento pleno, conforme as leis, o Hospital também afirma que esta trabalhando para obter todos os laudos e exigências necessárias. Entretanto, seria preciso conceder mais tempo. Inclusive, foi feito um abaixo-assinado, de autoria de Duliana Perez, solicitando tempo para adequar completamente o Hospital às normas do Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB). De acordo com o abaixo assinado,

“O Hospital Psiquiátrico André Luiz é uma instituição de suma importância em Garça e região, atendendo mais de 62 municípios no que diz respeito ao tratamento de pacientes com problemas psiquiátricos e na recuperação de pacientes dependentes químicos, oferecendo um tratamento de forma humanizada, visando sua reintegração na sociedade, principalmente os adolescentes. Temos no momento 230 pacientes e precisamos de tempo para se adequar as normas do AVCB, sem prejudicar os 200 Funcionários”.

Repercutindo o caso, o atual presidente da Sub Sede Sinsaúde Marília, Aristeu Carriel, comentou sobre a reunião que irá ocorrer na Câmara Municipal de Garça, amanhã, dia 17 de novembro, às 14h. Um dos assuntos mais importantes que será discutido diz respeito ao fechamento do Hospital André Luís. Carriel falou sobre os prejuízos para pacientes e funcionários no hospital André Luís de Garça. “Não vem dizer que vão cuidar dos pacientes, que é mentira. Quando fecharam a Clínica de Repouso, em Garça, e eu conheci todos os pacientes de lá, e a maioria estão (sic!) andando pelas rodovias, embaixo das pontes, sem higiene, passando necessidade, passando frio, passando fome. Virou indigente!”.

Apesar da falta do AVCB, Carriel disse que o hospital tem plena condição de funcionamento e não há situação de paciente em risco por conta disso. O sindicalista conclui dizendo que o hospital André Luis é um dos melhores hospitais psiquiátricos no estado de São Paulo, “e sei os outros hospitais da região como estão”.

Convite para reunião Câmara Municipal de Garça para o dia 17/11 às 14h.

 

Fechamento do Hospital André Luís de Graça.

 

Prejuízos para pacientes e funcionários no hospital André Luís de Garça.

 

Entre na conversa...