7 de December de 2019

Tarifa de ônibus em Marília passa a custar R$ 3 a meia noite

TRANSPORTE COLETIVO

Terminal de Ônibus de Marília. Foto: Reprodução Internet.
Terminal de Ônibus de Marília. Foto: Reprodução Internet.

A partir das 00h desta quarta-feira (meia noite de hoje) as tarifas de ônibus das empresas Sorriso e Grande Marília passam a custar R$ 3. O valor é resultado de 5,26% de reajuste sobre os atuais R$ 2,85. Este é o terceiro reajuste, desde que as empresas começaram operar, há três anos. O aumento foi autorizado por meio de decreto municipal assinado pelo prefeito Vinícius Camarinha (PSB) e publicado no DOMM (Diário Oficial do Município de Marília) no dia 29 de agosto.

A cronologia de reajustes da tarifa de ônibus em Marília começa em março de 2014, quando a passagem passou de R$ 2,15 para R$ 2,50. Em janeiro de 2015 foi autorizado um novo reajuste, passando de R$ 2,50 para R$ 2,85. O terceiro reajuste entra em vigor nesta quarta, passando de R$ 2,85 para R$ 3. As empresas começaram a operar em Marília no dia 18 de maio de 2013, por meio de decreto do prefeito Vinícius Camarinha, que havia assumido a administração a cinco meses.

A AMTU (Associação Mariliense de Transporte Urbano) emitiu nota por meio da assessoria de imprensa, informando que valor do reajuste ainda não atende às necessidades financeiras das empresas. “Vale ressaltar que o reajuste ainda não atende às necessidades de reequilíbrio econômico-financeiro das concessionárias (por causa do número de pagantes ser inferior ao previsto), agravadas em 2015 pelo aumento em insumos, principalmente dos 15% no diesel, e da mão-de-obra, com o acréscimo de 9% sobre os salários e 11,11% sobre o vale-alimentação. Para que houvesse o reequilíbrio econômico-financeiro seria necessário um reajuste da tarifa de R$ 3,37 ou outras formas de equiparação”, apontou.

A AMTU argumenta ainda que, entre as medidas que poderiam ajudar no reequilíbrio dos contratos estão: a redução do ISS (Imposto Sobre Serviços), subsídio municipal ou redução das gratuidades. “Se compararmos o valor que está sendo reajustado agora em Marília a tarifa local ainda continua abaixo ou semelhante ao cobrado em cidades de tamanho médio, como Araraquara (R$ 3,20), Botucatu (R$ 3,00), São Carlos (R$ 3,10) ou Sorocaba (R$ 3,50), por exemplo”, finaliza a nota.

Entre na conversa...