18 de September de 2018

Abaixo assinado pede o afastamento de Herval da presidência da Câmara

VAI DAR EM PIZZA?

Herval Rosa Seabra sorri durante sessão da Câmara. O vereador foi condenado a 8 anos de cadeia por corrupção, mas recorre em liberdade.
Herval Rosa Seabra sorri durante sessão da Câmara. O vereador foi condenado à pena de 8 anos de cadeia por peculato (desvio de dinheiro da Câmara), mas recorre em liberdade.

Um abaixo assinado contendo 914 assinaturas e uma carta foram entregues por cidadãos ontem (14) ao vice-presidente da Câmara, Marcos Rezende, solicitando o afastamento do vereador Herval Rosa Seabra da presidência do Legislativo.

O texto alega que a presença de Herval à frente dos trabalhos da Câmara é inaceitável. “Não se pode permitir a continuidade, do ainda sentenciado, na Presidência dessa Casa, por questões de credibilidade, ética e principalmente para restabelecer a moralidade”.

A carta ainda pede um posicionamento dos vereadores, pois a maioria não se pronunciou sobre o fato, nem manifestou movimentação no sentido de solicitar o afastamento de Herval. Por fim, é solicitada a discussão no plenário, entre os vereadores, sobre a permanência de Herval.

Entenda

O vereador Herval foi condenado à pena de oito anos, dez meses e vinte dias de reclusão em regime fechado, a serem cumpridos em penitenciária, perda do cargo público e pagamento de multa no valor de R$ 242 mil. A sentença considera Herval culpado por crime de peculato, cometido 309 vezes em conjunto com o ex-diretor geral do Legislativo, Toshitomo Egashira, nos anos de 2001 e 2002, época em que Herval também exercia o cargo de presidente da Câmara.

Já Toshitomo foi condenado a cinco anos, onze meses e três dias, além de R$ 158 mil em multas. Beneficiado por delação premiada, o ex-Diretor Geral cumprirá a pena em regime semiaberto.

Confira a carta na íntegra

Carta_pedido de afastamento de Herval

Entre na conversa...