Prefeitura vai apresentar informações sobre concessão para o Tribunal de Contas do Estado de São Paulo

Prefeitura acelera concessão do Daem à iniciativa privada sem abrir o debate à população, sociedade organizada e a Simdimmar. Prefeitura acelera concessão do Daem à iniciativa privada sem abrir o debate à população, sociedade organizada e a Simdimmar.
Prefeitura acelera concessão do Daem à iniciativa privada sem abrir o debate à população, sociedade organizada e a Simdimmar.

A Prefeitura de Marília vai apresentar, nos próximos dias, informações ao Tribunal de Contas do Estado de São Paulo sobre o processo de concessão dos serviços públicos de abastecimento de água e esgotamento sanitário do município.

[contextly_sidebar id=”eWEsreVm6WK3WSDK3LTPbKZWmyZk0rR9″]A concessão do DAEM (Departamento de Água e Esgoto de Marília) caracteriza-se por uma Parceria Público-Privada, não configurando, portanto, em privatização. O patrimônio será mantido com a Prefeitura de Marília e todos os servidores estão com seus empregos garantidos.

“O que queremos com esta concessão é assegurar o fornecimento de água de qualidade e o tratamento de esgoto em toda a cidade. Temos que dar um fim aos problemas de fornecimento, à falta de tratamento de esgoto e também com os buracos que a rede antiga gera nas ruas do nosso município. A Prefeitura sozinha não tem condições de dar conta desse desafio.”, destacou o prefeito Vinicius Camarinha ao afirmar que a empresa vencedora investirá cerca de R$ 600 milhões – durante 35 anos, nos sistemas de abastecimento de água e de esgotamento sanitário do município.

Após a análise do TCE/SP, o processo licitatório deverá ser retomado pela Prefeitura.

Sobre Prefeitura de Marília 497 Artigos
Divulgação e Comunicação sob a responsabilidade de Carlos Bonatelli. Administração 2012-16 de Vinícius Camarinha (PSB).
Contato: Website

Entre na conversa...