18 de May de 2019

Amor de Mãe já transformou mais de 1500 vidas na Zona Oeste de Marília

Dona Marluce e Tammy Regina. Foto: Divulgação.
Dona Marluce e Tammy Regina. Foto: Divulgação.

Marluce da Silva Gripa junto com sua filha Tammy Regina Gripa tinham o sonho de oferecer para as mães pobres da favela do Argollo Ferrão uma oportunidade de mudar de vida, com novos pensamentos e geração de renda. Assim começa a história da Associação Amor de Mãe, no ano de 2003.

Elas perceberam que muitas mulheres da comunidade da pastoral em que atuavam estavam com tempo ocioso, em situação de vulnerabilidade social, dependendo de atividades de baixa remuneração e algumas até dependendo de prostituição.

Diante disso, elas tomaram a decisão de colaborar com o desenvolvimento dessas pessoas oferecendo um curso de bordado. A partir dali a ideia começou a crescer e no ano de 2007 foi definitivamente fundada a Associação Amor de Mãe.

Crianças

Outra percepção tocou o coração das voluntárias que decidiram ampliar suas ações. Eles viram que muitas crianças, apesar de pequenas, tinham as mãos calejadas devido ao trabalho doméstico.

Hoje em dia a Associação Amor de Mãe oferece não apenas ações sociais para as mães, como cursos de panificação e confecção de bolsas. Para as crianças em período oposto ao da escola são oferecidas atividades esportivas, aulas de canto coral, flauta doce, artes, jazz, educação ambiental, higiene pessoal, combate as drogas, educação sexual e convivência familiar. Para adolescentes de 13 à 15 anos é oferecido curso de fortalecimento de vínculos familiares.

Atualmente são atendidas quase 150 pessoas entre crianças a partir dos 5 anos, adolescentes e mães.

Lugar de felicidade

As fundadoras Tammy Regina e Dona Marluce — chamada carinhosamente de “vó” pelos atendidos, dizem que o amor de mãe é lugar de felicidade, que se sentem muito realizadas com o projeto quando veem tantas crianças brincando felizes, os adolescentes amadurecendo e as mães buscando cursos para mudar de vida com geração de renda, todos convivendo em harmonia.

Dizem também que manter um projeto desses exige dedicação e empenho de voluntários, funcionários, familiares de atendidos e benfeitores. O poder público auxilia com uma parte das necessidades e outras doações auxiliam muito.

Periodicamente são realizados eventos para arrecadar fundos e você também pode colaborar sendo um voluntário, um doador ou um benfeitor. Com valores pequenos é possível ajudar muito.

Conheça mais a Associação Amor de Mãe em http:www.amordemae.org.br

Entre na conversa...