24 de June de 2019

Novo secretário de Saúde visita Santa Casa, destaca qualidade e defende integração da rede

Atual secretário da Saúde, Benetti foi condenado por agressão e uso de aparelho de choque contra andarilhos quando era secretário de Assistência Social. Foto: Divulgação.

A diretoria da Santa Casa de Marília recebeu, na manhã desta segunda-feira (13), o secretário municipal da Saúde, Hélio Benetti, que assumiu o cargo há cerca de 30 dias. A visita teve como objetivo o reconhecimento técnico in loco do complexo hospitalar, além de revisar as principais necessidades e oportunidades na parceria entre a instituição e o município. Ele esteve acompanhado do assessor especial e ex-secretário da pasta, Danilo Bigeschi.

Benetti e Bigeschi participaram de uma reunião com o provedor, Milton Tédde, e os diretores executivos Kátia Ferraz Santana (superintendente), Sérgio Stopatto Arruda (administrativo-financeiro) e Ismênia Torres (diretora técnica). Na oportunidade, receberam informações sobre os serviços referenciados ao Sistema Único de Saúde (SUS), ações de gestão da Santa Casa e discutiram as políticas de saúde.

Em seguida, os gestores percorreram setores como farmácia e almoxarifado, onde novas ferramentas de registro, rastreabilidade e segurança foram implementadas; a CPR (Central de Processamento de Roupas), que passou por recente readequação de estrutura física e instalação de máquinas; além da Câmara Hiperbárica, que aguarda credenciamento para prestação de serviços a rede pública.

O secretário e o assessor visitaram ainda a revitalizada Ala “D”, com 43 leitos instalados em quartos reformados, com mobiliários novos, onde são internados pacientes do SUS. Também conheceram a UTI Geral Adulto, UTI Pediátrica e Neonatal; serviços de hemodinâmica, intervenção endovascular e de imagem; ambulatório de especialidades e hemodiálise.

Foram cerca de três horas de compartilhamento de informação junto aos diretores, equipes técnicas, médicos, enfermeiros e parceiros do hospital. “É surpreendente o que houve de mudanças, atualizações e crescimento ao longo dos anos. Somadas, as UTIs tem cerca de 35 leitos, há uma tecnologia muito grande, acolhimento e gestão de qualidade”, disse Benetti.

O secretário afirmou que há uma “via de mão dupla”, baseada na política pública integrada, na possibilidade de parcerias e na compreensão das necessidades. “A rede converge para isso, para uma integração que parte na gestão municipal (plena), mas passa pelo papel de cada um, incluindo os prestadores de serviços. Vejo, por parte da Santa Casa, comprometimento, profissionalismo e uma luta diária que precisa ser valorizada”, pontuou o secretário de saúde.

Para Milton Tédde, provedor da instituição, a visita e o reconhecimento de Benetti aproximam ainda mais a Santa Casa de um dos seus principais parceiros. Ele destaca que a disposição da diretoria, dos funcionários, médicos e parceiros é fazer cada vez mais e melhor, para que a população tenha amplo o acesso aos serviços de saúde. “Para nós, o diálogo é de fundamental importância. É uma oportunidade para reiterar nossa missão e nossa disponibilidade”, afirmou.

Entre na conversa...