13 de November de 2018

Nova reviravolta na Operação Miragem: 3 pessoas ainda são procuradas

Os delegados Luciano Menin, que responde pela Operação Miragem e atua nas investigações da Lava Jato, e Rogério Santana Hisbek, que comanda a PF em Marília. Foto: Matra.
Os delegados Luciano Menin, que responde pela Operação Miragem e atua nas investigações da Lava Jato, e Rogério Santana Hisbek, que comanda a PF em Marília. Foto: Matra.

A Operação Miragem, que investiga uma série de crimes no grupo de comunicação CMN (Central Marília de Notícias), acabou de ter mais uma reviravolta.

Ontem (10), a Operação fez 21 mandados de busca e apreensão na cidade e obteve 5 mandados de prisão. Dois deles foram cumpridos no mesmo dia, um em Marília e o outro em Ribeirão Preto. Três pessoas estão foragidas. Os nomes não foram divulgados pois as investigações correm sob segredo de justiça

No final do dia de ontem, porém, um jornal digital na cidade publicou erroneamente que as prisões haviam sido revogadas, o que gerou uma série de sentimentos nas pessoas que acompanham o caso, uns comemoraram, outros começaram a desconfiar se a Operação Miragem acabaria em “pizza“. O jornal em questão citou como fonte o advogado Cristiano Mazetto, que trabalha para Abelardo Camarinha.

Capa do jornal Diário de hoje (11) destaca a revogação das prisões. Contudo, fugitivos ainda continuam sendo procurados. Foto: Internet.
Capa do jornal Diário de hoje (11) destaca a revogação das prisões. Contudo, fugitivos ainda continuam sendo procurados. Foto: Internet.

Hoje, contudo, o Marília Global publica com exclusividade que as prisões não foram revogadas. O que aconteceu, na verdade, foi que, de acordo com o cientista político Marcelo Fernandes, o preso em Marília teve relaxamento da prisão à pedido do próprio Delegado da operação, Luciano Menin, por ter contribuído com as investigações. Com a contribuição, ele foi solto ontem.

Entretanto, a presa em Ribeirão Preto será ouvida em breve e continua na carceragem de lá. Caso colaborar, também será solta, com relaxamento da prisão.

Ao contrário do que foi divulgado ontem nos veículos de comunicação, os três foragidos continuam sendo procurados.

A respeito dessas informações, Fernandes chama de “Miragem” a tese de que os cinco pedidos de prisão foram revogados pela desembargadora Cecília Mello, do TRF – 3ª Região (Tribunal Regional Federal) e faz um desafio. Ele pede para que os três foragidos que teriam tido suas prisões revogadas apareçam na frente do jornal Diário de Marília para fazer uma foto com a imprensa local, com eles segurando a edição de hoje do jornal Diário (11), para comprovar a data da foto.

Fernandes afirmou que, “Caso fizerem isto, vamos acreditar que eles pararam de fazer Miragem, contar mentira ao povo de Marília. Do contrário, eles continuam ‘miguelando’, criando ‘Miragem’ na cidade”.

Entre na conversa...