22 de November de 2019

Partido Novo: um partido “bem eficiente” se torna realidade

Opinião publicada pelo administrador e PhD por Harvard Stephan Kanitz

É com satisfação que recebo a notícia de que um partido, o Partido Novo, fundado por administradores e engenheiros conseguiu as 490.000 assinaturas para ser criado.

Trata-se do Partido Novo, onde 50% dos fundadores são administradores, engenheiros e empresários. Gente que sabe lidar com números, controlar custos, implantar projetos sociais e que sabe dos mecanismos para promover mudanças gerenciais. Tudo que o Brasil precisa.

Comunicaram-me que a ideia de nomear o Partido Eficiente ou Bem Eficiente foi considerada de início, mas os especialistas em marketing votaram contra. Um nome destes atrairia políticos de esquerda que querem uma esquerda mais eficiente, atrairia políticos neoliberais que querem um neoliberalismo mais eficiente, atrairia políticos de direita que querem uma direita mais eficiente. Atrair políticos velhos é tudo o que não queremos.

O termo “Novo” me pareceu estranho no início, como se não dissesse nada, que só funcionaria enquanto de fato fosse novo. Mas dá para fazer muito com o termo “Novo”. Mas vou deixar para vocês criarem os jingles e os motes, para mostrar que “Novo” pode ser uma palavra bem trabalhada.

Parabéns a todos que lutaram por este ideal, e agora para muitos, e certamente à grande maioria de administradores e engenheiros que não tinham um partido representativo onde daria gosto se associar ou ajudar, e que agora já existe. Um novo partido, um Partido Novo.

Entre na conversa...