15 de December de 2018

Filiados ao Sindnapi agora podem pegar empréstimo consignado

Assinatura entre Sindnapi e Coopernapi foi feita na quinta-feira (10). Foto: Assessoria de Imprensa.
Assinatura entre Sindnapi e Coopernapi foi feita na quinta-feira (10). Foto: Assessoria de Imprensa.

O mais de 6 mil filiados ao Sindnapi (Sindicato Nacional dos Aposentados, Pensionistas e Idosos) de Marília terão acesso à empréstimos consignados (com desconto das parcelas direto da conta), a partir de segunda-feira (14), com taxas de juros abaixo das encontradas no mercado. Para usufruir a nova conquista, basta aderir gratuitamente à Coopernapi (cooperativa dos associados do Sindicato dos Aposentados), que firmou convênio com o sindicato na quinta-feira (10).

O presidente da Diretoria Executiva da cooperativa, Júlio Quaresma Filho, esteve presente à sede do Sindnapi em Marília para a assinatura da parceria. De acordo com ele, a vantagem dos empréstimos oferecidos pela Coopernapi são as taxas de juros abaixo do mercado. “A taxa de juros do empréstimo consignada é limitada pela previdência social e então ela é baixa, pois praticamente não tem inadimplência. A maioria dos bancos está trabalhando com isso agora, mas eles trabalham no limite da taxa e nós um pouco abaixo”, diz.

Ele explica que todos os filiados podem conseguir o crédito, basta assinar o termo de adesão da cooperativa. Segundo Júlio, as características do serviço oferecido é parecida com a dos demais bancos.

“Oferecemos conta corrente, que em breve queremos trazer para Marília também e outras opções como consórcio empréstimo pessoal. Acho que o pessoal vai procurar bastante”.

Para a presidente do Sindnapi Marília, Maria Emília Padovani, a novidade é motivo de comemoração para os filiados. “Essa é mais uma conquista nossa para os aposentados que fazem parte do sindicato. Com esse novo benefício, o pessoal poderá conseguir dinheiro mais barato e isso é muito importante por causa da crise. Os aposentados precisam de crédito e é isso que a cooperativa oferece”, fala.

Luta

Presente ao encontro, o diretor Executiva Nacional do Sindicato, Valdete Lopes Ferreira, alertou aos diretores locais que participaram da reunião sobre a necessidade de ocupar os espaços na sociedade. “Para garantirmos nossos direitos já conquistados e alcançarmos outros, precisamos ter representantes nos conselhos municipais, como o da Saúde, Previdência e não só do Idoso. Precisamos de mais filiados para que nossos presidentes tenham força na hora de ir conversar com as autoridades”, fala.

Entre na conversa...