Moradores da zona oeste ainda esperam por promessas do chefe do Executivo

Buracos nas ruas se tornam potenciais criadouros do mosquito aedes aegypti. Foto: leitora.

Há cerca de 1 ano, o atual prefeito de Marília, Vinícius Camarinha (PSB), esteve no Jardim Cavallari, na zona oeste de Marília, na ocasião da demolição da piscina desativada do antigo “Poliesportivo do MAC” (Marília Atlético Clube).

Na ocasião, foram feitas várias promessas aos moradores presentes no local. Em matéria divulgada pela assessoria de imprensa da Prefeitura Municipal de Marília, no dia 05 de fevereiro, o prefeito Vinícius Camarinha afirmou:

“[…] vamos construir uma praça de lazer, com pista de cooper e academia; anunciamos também o recapeamento da principal via do bairro que é a Avenida Maria Fernandes Cavallari; construção de posto de saúde e ainda a interligação de bairros e acessos. Estamos fazendo a nossa programação de trabalho, de investimentos, ouvindo as associações de moradores de bairros É fundamental que o governante, o prefeito ouça a população e é dessa forma que estamos atendendo todas as demandas.”

O prefeito afirmou que iria consertar a boca de lobo para o escoamento da água de enxurrada na Avenida Maria Fernandes Cavallari, na interligação com aquilo que seria a continuação da Rua Álvaro Gradim que dá acesso a outro bairro na zona oeste. A água acumulada na avenida desce em enxurrada paralelo a esta via sem pavimentação asfáltica e já criou uma enorme cratera no local. Esta interligação de bairros e acessos, uma das promessas mais necessárias, aponta os moradores, ainda esta a espera do poder público.

Contudo, a promessa mais importante, aponta os moradores, diz respeito a esta academia ao ar livre, prometida pelo prefeito para outubro de 2015.

“Foi nos mostrado a planta de uma área de lazer, com academia ao ar livre que seria inaugurada em outubro de 2015,” diz Roseli Thomas., moradora na região.

Terreno destinado a pista de cooper e parque na zona oeste ainda esta só na promessa. Foto: leitora.
Construção em terreno destinado a pista de cooper e parque na zona oeste ainda esta só na promessa. Foto: Roseli Thomaz.

A moradora também reclama da retirada dos muros do antigo “Poliesportivo” e também da operação tapa buracos. Das promessas do chefe do Executivo em relação as vias públicas, a única cumprida foi o recapeamento da avenida principal, com verba do Governo do Estado. Roseli enaltece o trabalho, mas avisa, “esqueceram das outras ruas que ficaram abandonadas, enfim, o bairro continua um caos”.

Os buracos nas ruas represam água e os moradores estão preocupados com os gastos com os consertos dos carros, mas também com o risco destes buracos se tornarem criadouros do mosquito aedes aegypti, causador da dengue, chicungunya e zica.

Entre na conversa...