Vereadores terão que se posicionar sobre condenação de Hélio Benetti

Foto: Camar.

Como antecipou o Marília Global, foi protocolado nesta quarta-feira (09), na Câmara Municipal de Marília, o pedido de abertura de uma CP (Comissão Processante) por causa da agressão a um grupo de 15 moradores de rua em Marília, fato ocorrido na noite de 29 de abril de 2013.

Pelo mesmo motivo, a Justiça condenou em 1ª instância o então secretário municipal de Assistência Social, Hélio Benetti, hoje titular da Saúde, e outras 3 pessoas, sendo duas delas servidoras municipais ligadas à Fumares, entidade cuja finalidade é acolher andarilhos.

A já batizada de CP dos Andarilhos foi assinada pelo servidor público estadual Antônio Vieira, também ligado ao grupo de Fé e Política, da Igreja Católica, e Marcha da Cidadania, que foram os responsáveis pelos pedidos de apuração dos fatos na Justiça.

O documento fala em “crime de responsabilidade” cometido pelo prefeito Vinícius Camarinha (PSB) e pede que ele “seja afastado de suas funções até a conclusão da Comissão Processante”. Óbvio que, para tanto, a CP precisa ser aprovada pelos vereadores, tarefa nada fácil em uma Câmara com 10 votos aliados ao prefeito e apenas 3 da oposição. Os vereadores terão que apreciar o pedido de CP na sessão da próxima segunda-feira (13).

 

Sobre Hailton Medeiros 38 Artigos
Hailton Medeiros é jornalista e âncora do polêmico e dinâmico programa de televisão e internet, HORA H. Ele apresenta e comenta diariamente as principais notícias de Marília.

Entre na conversa...