Agronegócio: ministra da agricultura fez um balanço do ano 2015

Ministra Kátia Abreu fez o balanço do trabalho do ministério em 2015 - Foto: Antonio Araújo/Mapa
 BALANÇO
A agropecuária brasileira terminou 2015 com expansão de 2%, segundo a ministra Kátia Abreu (Agricultura, Pecuária e Abastecimento). “A nossa perspectiva para 2016 é crescer de 1,5% a 2% novamente”, disse, em entrevista. Ela também destacou os ganhos de produtividade do setor (aumento da produção em uma área de tamanho igual por meio do emprego de tecnologia).
INVESTIMENTOS
“Este ano, ainda estamos em ritmo de crescimento. Terminaremos o ano crescendo 2%, diferente de outros setores. A nossa perspectiva para 2016 é crescer de 1,5% a 2% novamente. Estes são indicadores e análises dos Estados Unidos e nós esperamos um crescimento de produtividade maior do que isso. É crescer 2% em área ou em produção.
REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA
“Nós estamos trabalhando duramente nisto. Porque se eu pudesse fazer uma lista do que é importante para um estado e um país se desenvolver, colocaria a regularização fundiária. Não adianta ter estrada se eu não tenho produção para passar nas estradas.
MATOPIBA
“O Tocantins teve duas grandes oportunidades. A primeira foi durante sua criação, onde nós tivemos toda uma condição, uma energia muito positiva de mudança de patamar, de mudança de vida, de mudança de realidade. E agora estamos tendo a segunda oportunidade – e talvez a última tão significativa para que esse boom aconteça” concluiu a ministra.
CHINESES
A província chinesa de Anhui, de forte produção agrícola, está interessada em firmar acordos com a Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo para levar as tecnologias paulistas ao país asiático. O primeiro passo já foi dado em dezembro, com duas visitas à Pasta da delegação de técnicos e pesquisadores da província de quase 65 milhões de habitantes.
PARQUES AQUÍCOLAS
O vice-governador do Estado de São Paulo Márcio França e o secretário de Agricultura e Abastecimento, Arnaldo Jardim, assinaram, no dia 15 de dezembro de 2015 (este jornalista estava presente), um plano para a demarcação e a implantação de Parques Aquícolas nos reservatórios de Bariri, Ibitinga, Nova Avanhandava, Promissão e Três Irmãos. O Plano foi elaborado pelo Grupo de Trabalho Intersecretarial, que reúne as Pastas de Agricultura, de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação, – da qual Márcio França é titular – e do Meio Ambiente.
BAMBU
A Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo e a Associação Brasileira dos Produtores de Bambu (Aprobambu) firmaram, no dia 15 de dezembro de 2015, um protocolo de intenções para desenvolverem novas técnicas de manejo e exploração de bambu, com o objetivo de aprimorar a cultura no Estado, com foco no desenvolvimento do pequeno produtor paulista.
 LARANJA
As primeiras impressões são de que a safra 2016/17 de laranja no estado de São Paulo e no Triângulo Mineiro será novamente de bons preços aos produtores. Isto porque não há expectativa de produção elevada e os estoques das indústrias devem fechar a temporada atual (em junho de 2016) no nível estratégico de 300 mil toneladas.
RECORDE
Com a rentabilidade da temporada 2015/16 atrativa, podendo ser maior que a da anterior, a soja se mantém competitiva em relação a outras culturas, seguindo na liderança em área cultivada no Brasil. Assim, a próxima safra deve bater novo recorde de produção. Por enquanto, os preços no mercado interno estão maiores que os de um ano atrás, mas em dólar, estão bem menores.
Dê sua opinião: mauricio.picazo.galhardo@hotmail.com. Boa semana e um forte abraço.

Entre na conversa...