Agronegócio: Em Fórum Econômico, secretário Arnaldo Jardim destaca protagonismo paulista nas relações comerciais com países árabes

Forum Econômico Brasil - Países Árabes - Foto: Rodrigo Rodrigues

O secretário de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, Arnaldo Jardim, destacou, ao representar o governador Geraldo Alckmin na abertura do Fórum Econômico Brasil – Países Árabes, nesta quarta-feira, 5 de outubro de 2016, o protagonismo  paulista nas relações comerciais entre os países, afirmando que os avanços científicos e tecnológicos obtidos no segmento agropecuário podem ser estratégicos para intensificar os investimentos.

“O Estado de São Paulo é o centro da produção do conhecimento em prol do desenvolvimento do agronegócio. Tecnologias geradas pelos nossos institutos de pesquisa, como por exemplo, o Laboratório de Controle Microbiológico do Centro Avançado de Pesquisa Tecnológica do Agronegócio Avícola (Captaa), do Instituto Biológico, em Descalvado, evidenciam o potencial de crescimento comercial brasileiro junto aos países do mercado árabe”, definiu o secretário, sinalizando a disposição do governo paulista de fortalecer e intensificar as relações.

Acompanhado do assessor e secretário-executivo das Câmaras Setoriais da Secretaria, Alberto Amorim, Arnaldo Jardim destacou as oportunidades de investimento junto ao mercado árabe, quarto maior parceiro comercial do Brasil, com mais de 385,15 milhões de potenciais consumidores em 22 países.

“Embora seja um mercado importante para o Brasil, nossa participação ainda pode crescer muito, com a possibilidade de utilizar, por exemplo, Abu Dhabi e Dubai para a distribuição, consolidação de carga e acesso também aos países  asiáticos”, afirmou o secretário.

O evento debateu a economia mundial, as inovações no mundo árabe, bem como apresentou casos de sucesso nas relações comerciais mantidas com o mercado brasileiro. Participaram do Fórum a vice-ministra de Investimentos do governo do Egito, Mona Ahmed Zaubaa; o embaixador do Estado da Palestina e decano do Conselho dos Embaixadores Árabes no Brasil, Ibrahim Alzeben; do secretário-adjunto da Liga dos Estados Árabes, Mohamed Al Twaijiri; a embaixadora-chefe do Escritório de Representação do Ministério das Relações Exteriores em São Paulo, Débora Barenboim-Salej; o presidente da Câmara de Comércio Árabe Brasileira, Marcelo Nabih Sallum e o vice-presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Elias Miguel Haddad.

Entre na conversa...