18 de September de 2018

“Ele não é homem de cumprir o que fala,” dispara cuidador de animais

O cuidador, Fábio Protetor, afirma que foi enganado pelo prefeito Daniel. Foto: YouTube.
O cuidador, Fábio Protetor, afirma que foi enganado pelo prefeito Daniel. Foto: YouTube.

O que fazer com tantos cachorros mal tratados e soltos pela rua? Um cuidador de animais não aguenta mais trabalhar pelo “melhor amigo do homem” sem o apoio dos homens. O desabafo é avassalador!

“O prefeito Daniel Alonso prometeu que me daria pedra e cimento para fazer um lugar para os cachorros. É só gasto meu. Ele não cumpriu o que prometeu. Ele não é homem de cumprir o que ele fala. Esse traste não me deu o que prometeu. Isso não é homem. Ele é um escroto. Um sem vergonha.”

O cuidador, Fábio Protetor, afirma que continua recebendo os cachorros que precisam de cuidados especiais. Contudo, ele teve que honrar com as promessas não cumpridas do atual prefeito Daniel (PSDB).

Fabio esta acumulando gastos para construir um local adequado para receber os animais em situação de risco. Já foram R$ 3.700 com custos de alambrado. Outros R$ 2.500 de pedreiro. E mais R$ 3.000 de placas de concreto, afirma o cuidador.

E mais!

“Vem me pressionar para apoiar a filha dele. Eu apoiei ele em 2016”.

Pasmem! Essa denúncia de achaque de Daniel em troca de favores políticos e benesses próprias estão se tornando rotina na sua temporada frente a Prefeitura de Marília.

Atento ao comportamento duvidoso de Daniel, o Ministério Público Estadual (MPE) abriu uma ação civil pública contra o atual prefeito.

Daniel e o atual secretário de Serviços Urbanos e Limpeza Pública, Vanderlei Dolce, estão sob suspeita de terem recebido benesses à título de “gratidão” em troca de pagamento de dívidas de restos a pagar de um fornecedor de faixas da gestão passada.

O atual prefeito estaria disposto a pagar as dívidas com fornecedores da Prefeitura contraídos na gestão passada, desde que…

O MPE pede a perda da função do atual prefeito.

Entre na conversa...