19 de July de 2019

Caixa Federal distribui “carta” pedindo mais funcionários

Entrada da agência da Caixa, na rua Paraíba, em Marília - Foto: Reprodução/Internet

Empregados da Caixa Federal em Marília estão distribuindo uma carta aberta a população, com o objetivo de pressionar o banco a acelerar o ritmo de contratações no banco estatal. Funcionários do banco em todo o país elegeram o dia 6 de agosto (hoje) para marcar o Dia Nacional de Luta por Contratação Urgente. A mobilização foi convocada pela Contraf-CUT e já recebe adesões no Brasil inteiro. Trabalhadores têm enviado às entidades sindicais fotos tiradas nas unidades, que vem sendo divulgadas nas redes sociais da Fenae.

A mobilização faz parte da campanha “Mais Empregados para a Caixa Mais Caixa” para o Brasil que o movimento associativo e sindical vem realizando para mobilizar empregados, concursados e a população. Os sindicatos e federações estão recolhendo assinaturas de um abaixo assinado e vão realizar manifestações nas unidades.

A campanha foi uma das resoluções do 31º Conecef (Congresso Nacional dos Empregados da Caixa), ocorrido em junho. O abaixo-assinado será entregue à presidência da República e a Miriam Belchior, presidenta da Caixa, em data a ser definida.

A falta de empregados é uma realidade em todas as unidades do banco há muito tempo. Mas, em 2015, o problema foi agravado pela realização de mais um PAA (Plano de Apoio à Aposentadoria). No último dia 30 de junho, o banco informou, por meio do Diário Oficial da União, que o quadro de pessoal conta atualmente com 97.975 providos. Ou seja, o número de empregados diminuiu consideravelmente nos últimos meses.

Por isso, a ideia é realizar uma grande mobilização nas mais de quatro mil agências do banco e nas redes sociais, a exemplo do que ocorreu na vitoriosa campanha pela manutenção da Caixa 100% pública. Nas unidades, a orientação da Contraf é para que federações, sindicatos e Apcefs, de acordo com cada perfil de atuação, organizem as ações. Nesta quinta-feira, a sugestão é para que os empregados, sozinhos ou em grupo, postem fotos nas redes sociais segurando um cartaz e usando a hashtag #MaisEmpregadosJá.

Entre na conversa...