18 de September de 2018

Estudantes têm até hoje para incluir nome na lista de espera do Sisu

O secretário executivo do Ministério da Educação, Luiz Cláudio Costa, durante entrevista coletiva sobre as inscrições no SisuMarcelo Camargo/Agência Brasil
O secretário executivo do Ministério da Educação, Luiz Cláudio Costa, durante entrevista coletiva sobre as inscrições no Sisu | Marcelo Camargo/Agência Brasil

Hoje (6) é o último dia para participar da lista de espera do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Para isso, o candidato deve acessar o boletim pessoal na página do Sisu e clicar no botão correspondente à inclusão do nome na lista.

Podem participar aqueles que se inscreveram no Sisu e não foram selecionados na primeira opção.Também podem aderir à lista os estudantes que foram selecionados na segunda opção, independentemente de terem feito a matrícula.

Os candidatos começarão a ser convocados pelas próprias instituições a partir do dia 11.

O Sisu seleciona estudantes para vagas em instituições públicas de ensino com base na nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Na primeira edição deste ano, o Sisu oferece 205.514 vagas, em 5.631 cursos, em 128 instituições. O sistema registrou quase 2,8 milhões de inscritos.

A lista com os selecionados está disponível na página do programa desde o dia 26 de janeiro.

Com quase 2,8 milhões de inscritos, Sisu 2015 divulga resultados

A primeira edição de 2015 do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) registrou 2.791.334 inscritos. O número é 9% superior ao da primeira edição, em 2014, quando se inscreveram 2.559.987 candidatos. O resultado foi divulgado hoje (26) na página do Sisu na internet.

As instituições de ensino superior com maior número de inscrições foram as universidades federais do Ceará (187.563), de Minas Gerais (186.881) e Pernambuco (177.563). Os cursos com maior número de inscrições foram administração (312.991), direito (262.255), pedagogia (249.348) e medicina (237.267).

O curso de medicina teve a disputa por vagas mais acirrada. A relação de candidato por vaga em medicina chegou a 63,14, seguida pelo de psicologia, com 55,16 candidatos por vaga.

Os cursos mais procurados na primeira edição do Sisu em 2015 (maior relação entre candidato e vaga) foram arquitetura e urbanismo, do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP). Em seguida, o de medicina da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e engenharia Civil, também no IFSP.

Do total de inscritos, 53% têm idade entre 18 anos e 24 anos. As mulheres são maioria (57%), enquanto os homens somam 43% dos inscritos.

Do total de inscrições, 51,9% optaram pela modalidade de ampla concorrência, que ofertou 109.810 vagas, 42,7% pela lei de cotas, com 82.879 vagas, e 5,4% pela modalidade de ações afirmativas, com 12.825 vagas. A maior relação de candidato por vagas ocorreu na modalidade de cotas, com 27,99.

“Os estudantes sabem que têm esse direito e podem fazer essa opção, então, observamos que está tendo uma procura e há cada vez mais uma qualificação e disputa acirrada”, comentou o secretário executivo do Ministério da Educação, Luiz Cláudio Costa, sobre a disputa por vagas por meio da lei de cotas e de ações afirmativas das instituições.

O Sisu oferece vagas em instituições públicas de ensino superior. Para concorrer, é preciso ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2014 e não ter tirado 0 na redação.

Os candidatos selecionados devem procurar a instituição de ensino para fazer a matrícula nos dias 30 de janeiro, 2 e 3 de fevereiro. Este ano, haverá apenas uma chamada. Os candidatos que não forem selecionados poderão participar da lista de espera, também a partir de hoje, na página do Sisu. O prazo final é 6 de fevereiro.

A edição deste ano oferece 205.514 vagas em 5.631 cursos de 128 instituições públicas de educação superior.

Entre na conversa...