Boxeador marroquino é preso suspeito de estuprar camareiras na Vila Olímpica

Boxeador Saada Hassan.Foto: Reprodução/Internet.

O atleta marroquino de boxe Hassan Saada foi preso na manhã de hoje (5), suspeito de estuprar, no último dia 3, duas camareiras brasileiras que trabalham na Vila dos Atletas.

O mandado de prisão temporária de 15 dias foi expedido pelo Juizado do Torcedor e dos Grandes Eventos, a pedido do delegado Eduardo Ozório.

O marroquino foi preso na própria Vila dos Atletas e encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil do Recreio dos Bandeirantes (42ª DP). Saada tem 22 anos e está inscrito para competir na categoria meio-pesado (até 81 quilos).

Sua luta está marcada para amanhã (6), às 12h30, contra o atleta turco Nadir Mehmet Unal, no Pavilhão 6 do Riocentro.

O Comitê Organizador Rio 2016 informou que está ciente do caso e vai colaborar com a investigação policial.

Sobre Agência Brasil 364 Artigos

É uma instituição da democracia brasileira: pública, inclusiva e cidadã. Criada em 2007 para fortalecer o sistema público de comunicação, é gestora dos canais TV Brasil, TV Brasil Internacional, Agência Brasil, Radioagência Nacional e do sistema público de Rádio – composto por oito emissoras.

Contato: Website

Entre na conversa...