Obras abandonadas na EMEI Sítio do Pica Pau Amarelo preocupam

Muro caído e barras de ferro expostas formam cenário em Emei na cidade de Marília. Foto: Marília Agora.
Muro caído e barras de ferro expostas formam cenário em Emei na cidade de Marília. Foto: Marília Agora.

O programa Marília Agora mostra a realidade da Escola Municipal de Ensino Infantil (EMEI) Sítio do Pica Pau Amarelo. A escola, dita referência no município, apresenta obras abandonadas que expõem as crianças à pequenas barras de ferro. O abandono é tão aparente que o muro abandonado caiu, mostrando o total descaso do poder público com as crianças daquela unidade educacional.

Para separar as crianças das barras de ferro da obra abandonada, um punhado de madeiras cheias de farpas e um pedaço de pano abandonado foram postos no local. A cena apresenta um alto grau de risco para um acidente na rede municipal de ensino.

O jornalista Fábio Conti indagou a Secretaria Municipal de Ensino, mas não obteve resposta. A assessoria disse que iria se manifestar apenas por meio de nota oficial. Enquanto isso, o apresentador da TV Sol indaga: se essas imagens chegassem a Abrinq, Marília perderia ou não o título de cidade amiga da criança?

O programa ainda traz, no setor policial, acidente que teve como vítima o ex-prefeito de Marília, Mário Bulgareli. Ele capotou seu carro no início da noite da última sexta feira (28). Ainda: novos acidentes de trânsito tem motoqueiro e até uma vaca como vítimas na cidade.

Para encerrar, o programa apresenta uma matéria especial com a Mansão Ismael, unidade lar que cuida de idosos em Marília  e é referência para pessoas abandonadas pela família e com problemas de saúde.

Entre na conversa...