Agronegócio: Ministério da Agricultura suspendeu a venda de 11 marcas de azeite irregular

Onze marcas de azeites de oliva irregulares tiveram sua venda suspensa pelo Ministério da Agricultura - Foto: Divulgação Internet

AZEITE. O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) fiscalizou a qualidade do azeite comercializado em supermercados do Paraná, São Paulo, Minas Gerais, Distrito Federal, Pernambuco e Amazonas. Das 55 amostras coletadas e analisadas, foram identificadas irregularidades em 33 amostras de 11 marcas que tiveram a venda suspensa. Embora estivessem sendo vendidos como “extra virgem” no rótulo da embalagem, os produtos eram compostos por outros óleos comestíveis. As empresas foram multadas pelo Mapa.

AVES. A Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo e a Associação Paulista de Avicultura (APA) continuarão alertas à sanidade avícola nos planteis paulistas. Para isso, renovaram, por mais 12 meses, convênio que prevê ações de sanidade animal realizadas por meio da Coordenadoria de Defesa Agropecuária (CDA) da Pasta.  A renovação traz ainda o acréscimo de recursos na ordem de R$ 2.495.000,00 ao montante.

ENERGIA VERDE. A Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo está apoiando o Selo Energia Verde, programa pioneiro de certificação da indústria canavieira que pretende fomentar o comércio de bioeletricidade gerada a partir da cana-de-açúcar. O secretário Arnaldo Jardim participou no dia 17 de dezembro, na sede da União das Indústrias de Cana-de-Açúcar (Unica), em São Paulo, da ampliação da concessão do título aos consumidores desse tipo de energia, considerada uma das mais amigas do meio ambiente.

DOAÇÃO. O café produzido pelo Instituto Biológico (IB), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, será distribuído a entidades assistenciais ligadas ao Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo (Fussesp), presidido pela primeira-dama Lu Alckmin. A doação foi feita durante a 13ª Edição Especial dos Melhores Cafés de São Paulo, no último dia 17 de dezembro, no Palácio dos Bandeirantes, na capital paulista, para o governador Geraldo Alckmin.

 MARIANA. Apesar dos danos causados ao meio ambiente no vale do Rio Doce pelo rompimento das barragens do Fundão e de Santarém, no município de Mariana (MG), as áreas degradadas tanto pelo processo erosivo quanto pela deposição de lama podem ser recuperadas com o uso de técnicas de revegetação e outras tecnologias e conhecimentos disponíveis pela pesquisa. O prazo varia entre alguns poucos anos para a cobertura vegetal inicial  até mais de uma década, de acordo com o processo e nível de degradação.

PRODUÇÃO. De acordo com o Quarto Levantamento de Safra de Café da Companhia Nacional de Abastecimento – Conab, a produção total de café do Brasil em 2015 está estimada em 43,24 milhões de sacas de 60 quilos, sendo 32,05 milhões da espécie arábica e 11,19 milhões de café conilon. Esse resultado representa redução de 5,3% se comparado à produção de 2014, que foi de 45,64 milhões de sacas numa área de 1,96 milhão de hectares com produtividade de 23,28 sacas por hectare.
AGRICULTURA FAMILIAR. O governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, e o secretário de Agricultura e Abastecimento, Arnaldo Jardim, assinaram, no dia 15 de dezembro de 2015, o Decreto nº 61.711, publicado no Diário Oficial do Estado de São Paulo, em 16 de dezembro, que reorganiza o Conselho Estadual de Desenvolvimento da Agricultura Familiar – Cedaf/SP.

FRASE DA SEMANA. Estive pensando a real causa das crises que surgem no horizonte da nação. Quando você lembra que não é para fazer, você não faz. Portanto lembrar de tudo é um santo remédio e, eficaz para que não se repitam as crises, os escândalos. A memória é um recurso indispensável que nos ajuda à não cometer os mesmos erros. Ao invés do Brasil caminhar de crise em crise, de escâncalo em escândalo, é preciso levantar a cabeça e caminhar de vitória em vitória, e não esquecer, o que é preciso lembrar.

De sua opinião: mauricio.picazo.galhardo@hotmail.com. Boa semana e um forte abraço.

Entre na conversa...